Agência de extensão rural do Maranhão busca parceria com o IPA para fortalecer agricultura familiar daquele estado

Um acordo de cooperação técnica está sendo discutido para implementação, em municípios maranhenses, de tecnologias desenvolvidas pelo IPA

Um acordo de cooperação técnica foi firmado, nesta segunda-feira (30), entre o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Estado do Maranhão (AGERP). O convênio tem o objetivo de promover o intercâmbio de pesquisa e extensão rural entre as duas instituições, visando fortalecer, naquele estado, o trabalho do homem e da mulher do campo. O documento foi assinado presidente do IPA, Joaquim Neto, e da AGERP, Sandro Montenegro.


A partir de agora, será montando um plano de trabalho com as diretrizes que devem ser seguidas. Com a parceria, o IPA irá disponibilizar toda a sua expertise nas áreas de plantios e agropecuária para fortalecer ações a serem realizadas pelos extensionistas maranhenses. A equipe do IPA também estará disponível para realização de cursos e pesquisas específicas para produção agrícola.


Antes da assinatura do convênio, Sandro Montenegro participou de uma reunião com Joaquim e diretores do IPA. “Nesse primeiro momento, estamos procurando tecnologia na produção de cultivares de tomate, como também de outras culturas e hortaliças que irão beneficiar os agricultores da família do nosso estado”, destacou o presidente da AGERP.


Questionado se a parceria também irá refletir nas diferenças climáticas e as características geográficas entre os dois estados, explicou que, atualmente, existem municípios no Maranhão que fazem parte do bioma Semiárido “e acreditamos que, através desses municípios, vamos conseguir implementar essa parceria, de acordo com as condições geológicas e geográficas de cada município”, assegurou.


Ao falar sobre a visita, Joaquim Neto, ressaltou a recomendação da governadora Raquel Lyra da necessidade de “construir pontes” para alcançar objetivos. “O Governo do Maranhão é parceiro do Governo de Pernambuco. Estamos construindo mais uma parceria na área da pesquisa, da extensão rural e recursos hídricos, mostrando para o governo e o agricultor maranhense a quantidade e a variedade de tecnologias, de cultivares novas, produtivas, resistentes a pragas, resilientes aos efeitos climáticos, que são muito importantes para aquele estado”, frisou o presidente do IPA.

Participaram da reunião, os diretores do IPA, Henrique Castelletti (Pesquisa), e Francisco Dantas (Extensão Rural); o coordenador do Núcleo Jurídico, Weidson Marinho e os pesquisadores Félix da Costa e Josimar Gurgel e, ainda, a professora Valéria Apolinário, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Leia Mais

Técnicos do IPA orientam agricultores no combate a fungos no plantio de bananeiras no município de Bonito

Técnicos do IPA fizeram uma visita educativa à comunidade Engenho Floresta, na Zona Rural do município de Bonito, no Agreste do estado. A equipe esteve no local para conversar e explicar aos agricultores os cuidados que devem ser tomados com as bananeiras para evitar a proliferação de fungos e as medidas a serem adotadas com aquelas já infectadas.


O combate ao fungo da sigatoka amarela e preta, praga que vem afetando o cultivo das bananeiras em Bonito e outros municípios da região, foi o principal foco da visita da equipe do IPA. Com esse tipo de iniciativa, os extensionistas do instituto mostram que a prevenção é uma aliada importante dos agricultores na proteção e cuidado com os plantios no campo.


A ação foi realizada numa parceria com o presidente da Associação dos Agricultores Rurais do Engenho Floresta, Daniel Moisés da Silva, a presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Bonito, Maria José Paixão da Silva, e da secretária de Meio Ambiente de Bonito, a sanitarista Ediane Soares.


Além da visita aos plantios, os agricultores também participaram de uma palestra sobre os problemas causados pela sigatoka amarela e preta. “Foi um momento muito produtivo. Essa praga tem prejudicado muito as bananeiras de Bonito e região”, destacou a secretária, que também proferiu palestra sobre a importância da saúde ambiental, sem desmatamento e sem queimadas nas matas, e a preocupação com os cuidados nas redes hídricas, “para assim termos uma alimentação saudável”, disse a gestora.


A visita à comunidade Engenho Floresta aconteceu na última quarta-feira (25) e foi acompanhada pelo engenheiro do IPA, Leo Salvador.

Leia Mais

Alunos do Colégio Madre de Deus participam de ação promovida pelo IPA

Alunos do Colégio Madre de Deus, no Recife, participaram de uma experiência diferente fora da sala de aula. Em uma conversa com o doutor Julio Mesquita, do IPA, pesquisador do IPA, aprenderam, na prática, sobre consumo consciente, alimentação saudável, aproveitamento de resíduos, reciclagem e reutilização.
Os temas discutidos durante o encontro serão abordados na feira de ciências que será realizada pelo colégio. A conversa aconteceu no Verdfrut, no bairro de Setúbal.


Esta é mais uma iniciativa do IPA para conscientizar os jovens sobre a importância de levar para a mesa dos pernambucanos alimentos de boa qualidade, frescos e sustentáveis.

Leia Mais

Campanha do IPA arrecada mais de uma tonelada de alimentos

A iniciativa foi idealizada pela Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento do instituto

A campanha “Mudas que Mudam: plante o futuro, alimente o presente”, promovida pela Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD) do IPA, arrecadou mais de uma tonelada de alimentos. A mobilização aconteceu durante a 1ª Feira Integrada de Produtos da Agricultura Familiar (Fipagri), realizada pelo instituto de 19 a 22 deste mês, reunindo mais 400 agricultores e produtores de todo o estado. 

Os itens doados pelos visitantes da Fipagri, que abraçaram a ideia de trocar um quilo de alimento por uma muda de planta, serão entregues a uma instituição social a ser escolhida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança, Juventude e Prevenção à Violência e às Drogas. A decisão é fruto de um entendimento entre a governadora Raquel Lyra e o presidente do IPA, Joaquim Neto.

As plantas doadas na Fipagri são cultivadas pelo IPA na Estação de Pesquisa Experimental de Itapirema. As mudas trazidas para o evento foram  espécies frutíferas, ornamentais e florestais, a exemplo de graviola, manga, pitanga, sapoti, pau brasil, pingo de ouro, ipê rosa, palmeira mini, entre outras. 

O resultado obtido pela campanha “Mudas que Mudam: plante o futuro, alimente o presente” mostrou que, quando estimuladas, as pessoas se engajam a ações sociais, a exemplo da realizada pelo IPA.

“Para os pesquisadores foi muito importante esse engajamento com o público. A gente tem feito a divulgação da pesquisa do IPA em outras instâncias, a exemplo de exposições, nas feiras de animais e isso tem sido muito importante porque a pesquisa acaba ficando mais perto do agricultor”, destacou o diretor de Pesquisa e Desenvolvimento do IPA, Henrique Castelletti. 

Ele disse, ainda, que durante a feira conversou com vários agricultores para aproximá-los mais da pesquisa. “Já estamos com algumas reuniões marcadas com a Diretoria de Extensão para que, com essa integração, chegarmos com novas soluções para os agricultores”, destacou.

Durante os quatros dias da feira foram arrecadados: arroz (186 kg), açúcar (296 kg), feijão (160 kg), fubá (335 kg), farinha (47 kg), macarrão (35 kg), farinha de trigo (20 kg) e sal (11kg), em um total de 1.090 quilos. 

Leia Mais

Pesquisadores do IPA conhecem novas tecnologias na produção de hortaliças

Beneficiar produtores pernambucanos, especialmente os da agricultura familiar, é o principal objetivo dos diretores e pesquisadores do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que participam de uma visita técnica, promovida pela Embrapa, nos Estados Unidos. Na missão, os pesquisadores estão tendo a oportunidade de conhecer de perto as mais recentes tecnologias aplicadas em campos e fazendas americanos, onde são cultivadas uma grande variedade de hortaliças.

 “É isso que faz a diferença na qualidade dos produtos. E é isso que temos que levar para os nossos agricultores. Essa é a missão do IPA”, destacou o presidente do IPA, Joaquim Neto. “Levar novas tecnologias de plantios, de produção de mudas para o nosso agricultor, é muito importante. Isso vai refletir em uma produção de qualidade e retorno financeiro para ele em suas produções”, acrescentou.

As equipes também visitaram um packing house (instalação onde a fruta é recebida e processada antes da distribuição para o mercado) de beneficiamento de cebola doce. Segundo o diretor do Departamento de Pesquisa do IPA, Henrique Castelletti, a espécie é a mais famosa dos Estados Unidos e recebe um selo da região de Vidalia.

No segundo dia da visita, que segue até a próxima sexta-feira (13), a equipe de pesquisadores brasileiros esteve no Condado de Tiff, no estado da Geórgia, conhecido pela produção e variedade de hortaliças cultivadas no local, a exemplo da pimenta, beringela e pimentão.

Na missão de intercâmbio de experiência com profissionais americanos, acompanham o presidente Joaquim Neto, os pesquisadores Jonas Araújo Candeia, Júlio Mesquita, Edinardo Ferraz e Henrique Castelletti.

Leia Mais

Pesquisadores do IPA participam de missão coordenada pela Embrapa nos EUA

O roteiro prevê visitas técnicas em universidades e campos de plantio nos estados de Alabama, Flórida e Georgia

Acompanhado de uma equipe de técnicos, o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Joaquim Neto, iniciou nesta segunda (9), nos Estados Unidos (EUA), uma série de visitas técnicas para troca de experiências com profissionais americanos nas áreas de tecnologia e inovação no campo, especialmente no setor de hortaliças. O objetivo é ampliar a produção de hortaliças em solo brasileiro, especialmente na Região Nordeste.

A missão, com representantes da pesquisa e Ater de várias partes Brasil, foi organizada pela Embrapa e busca o intercâmbio de conhecimentos de tecnologias aplicáveis aos trabalhos desenvolvidos no país.  Contribuindo, assim, para a competitividade dos produtores brasileiros no mercado interno reduzindo, dessa forma, a importação de algumas hortaliças, a exemplo do alho.

O evento reúne produtores, extensionistas rurais, pesquisadores, professores, empresários e demais técnicos, que atuam na cadeia produtiva das hortaliças.  As equipes estão sediadas na cidade de Atlanta e a primeira reunião e visita técnica foi à plantação de cebola da Universidade da Geórgia, no campus do condado de Vidalia.

Entre os temas a serem debatidos no decorrer dessa proposta estão: a assistência técnica e extensão rural, estações de pesquisas em horticultura, visitas às áreas de produção de hortaliças, pós-coleta de hortaliças e comercialização dos produtos.  

Do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), foram convidados pela Embrapa os pesquisadores e doutores Henrique Castelletti, Jonas Candeia, Ednardo Ferraz, Júlio Mesquita e o presidente do IPA, Joaquim Neto. O roteiro prevê visitas técnicas em universidades e plantações nos estados de Alabama, Flórida e Georgia. A missão segue até o dia 13 de outubro.

Leia Mais

Aconteceu na semana – 25 a 30 de setembro

25 de setembro – Presidente do IPA participa da abertura da 3ª ExpoAgro

O presidente Joaquim Neto, junto com a secretária de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Ellen Viégas, participou, no último domingo (24/09), da abertura oficial da 3ª ExpoAgro Nordeste, no Parque de Exposição do Cordeiro, no Recife.

Na ocasião, eles conversaram com expositores e visitaram os stands do IPA e baias onde estão expostos caprinos, equinos, suínos e bovinos, a exemplo das vacas holandesas criadas pelo instituto, na Estação Experimental São Bento do Una.

A feira aconteceu entre os dias 25 de setembro em 1º de outubro.


26 de setembro – IPA debate políticas públicas para atender agricultoras rurais do estado

Representantes do Centro Sabiá e da Casa da Mulher do Nordeste estiveram, na última terça-feira (26), no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) para discutir a inclusão de mulheres agricultoras no programa de Assistência Extensão Rural (ATER), além de tratarem de outras ações do instituto para atender a mulher do campo.

Um dos temas do encontro tratou da emissão do CAF (Cadastro da Agricultura Familiar). O Centro Sabiá e a Casa da Mulher do Nordeste foram as duas entidades pernambucanas que ganharam a seleção pública para atuar junto às mulheres agricultoras. O Centro Sabiá irá atuar com 300 mulheres da Região do Agreste e a Casa da Mulher do Nordeste com outras 300, no Sertão do Pajeú.

Também participaram do encontro o superintendente do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA) em Pernambuco, Caetano De Carli, Graciete Santos, presidente da Casa da Mulher do Nordeste, e Aniérica Almeida, do Centro Sabiá.

26 de setembro – IPA visita horta de EREM Assis Chateaubriand

Na última terça-feira (26), o IPA, representado pelo extensionista Luciano Pereira, visitou o EREM Assis Chateaubriand, localizada no bairro de Brasília Teimosa, para dar continuidade ao projeto da horta da escola.

Planejamos voltar lá semanalmente para garantir a assistência técnica para um projeto tão importante para a comunidade escolar, pois além de promover a integração de alunos de diferentes turmas, é uma forma de ensino multidisciplinar, visto que os estudantes tem contato simultâneo com conteúdos de matérias como biologia, geografia e química e acima de tudo, garantir a esses jovens o acesso a uma alimentação saudável e orgânica.

27 de setembro – Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) participa da última edição do Ouvir para Mudar

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) foi uma das instituições que participou, na última quarta-feira (27), das salas temáticas da última edição do Ouvir para Mudar, realizada na Escola Técnica Estadual Miguel Batista, no Recife.

O presidente do IPA, Joaquim Neto, esteve no evento. Ele acompanhou as discussões nas salas temáticas da Agricultura e Meio Ambiente, coordenadas, respectivamente, pelas secretárias de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Ellen Viégas e de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Fernando de Noronha, Ana Luiza Ferreira.

Na temática da agricultura, os extensionistas do IPA apresentaram propostas, visando melhorar o trabalho do homem do campo e a produção agrícola. Entre elas, melhorias na produção e distribuição do mel, reativação da Patrulha Rural e cursos de formação para o agricultor rural e da agricultura familiar.

A governadora Raquel Lyra presidiu a plenária de encerramento, onde foram apresentadas as demandas encaminhadas nas salas temáticas.

28 de setembro – Merenda escolar da rede municipal de Camutanga ganha reforço com produtos da agricultura familiar

Estudantes da rede municipal de Camutanga contam agora com o reforço na merenda escolar com produtos da agricultura familiar local. A aquisição dos gêneros alimentícios (24 itens) ocorreu por meio de chamada pública do Pública do PNAE (Programa Nacional de Alimentação), no município. São mais 26 toneladas de alimentos, no valor de R$ 120.105,40.

O processo para aquisição dos alimentos foi executado pela Secretaria Municipal de Educação de Camutanga.  A ação conta com o apoio do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), tendo como parceiros produtores da agricultura familiar.

O trabalho é acompanhado por Ewerton Freire, extensionista do IPA. O município de Camutanga faz parte da gerência regional de Carpina, administrada por Djalma Brito.

28 de setembro – Com o apoio do IPA, feira livre de São Lourenço da Mata completa cinco anos

Em mais uma ação nos municípios pernambucanos, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) fez parte de um momento importante em São Lourenço da Mata. A feira livre do município completou, nesta quinta-feira (28), cinco anos, contando com o apoio técnico do IPA. A empresa também disponibilizou bancos de feira para comercialização dos produtos.

No município, o trabalho do IPA é desenvolvido pelos técnicos extensionistas José Dionisio, Wlisses Cavalcante e Lúcia Borba. Na supervisão estão Bruno Borba e Francisco Canindé. São Lourenço da Mata está vinculada à gerência Regional de Carpina, comandada por Djalma Brito.

29 de setembro – Alunos da Universidade Federal de Pernambuco visitam Laboratório de Cultura de Tecidos do IPA

Alunos do mestrado de Biotecnologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) visitaram, nesta sexta-feira (29), o Laboratório de Cultura de Tecidos do Instituto Tecnológico de Pernambuco (IPA). Na visita, os mestrandos tiveram a oportunidade de conhecer, na prática, a teoria que recebem na sala de aula. Eles foram acompanhados pela pesquisadora do IPA Diana Andrade.

O professor Tercílio Calsa Júnior, do Departamento de Genética da UFPE, falou da importância de trazer os alunos para conhecer o laboratório. “O IPA é uma instituição de referência em pesquisa. O Laboratório de Cultura de Tecido do instituto foi o primeiro a fazer esse tipo de pesquisa no Nordeste”, destacou o professor, ao falar sobre a importância para preparação dos alunos em ter o conhecimento na prática.

29 de setembro 

No último dia 29, foi lançado o Plano Safra 23/24 do Banco do Nordeste. O evento reuniu líderes influentes, agricultores dedicados e membros comprometidos da comunidade para um momento emocionante de apoio à agricultura local.

Entre os presentes, Danilo Cabral superintendente da SUDENE, o Senador Humberto Costa, o Superintendente da CODEVASF Edilázio Wanderley, o deputado federal Carlos Veras, os deputados Estaduais Doriel Barros e José Patriota, a prefeita de Serra Talhada Marcia Conrado, a secretária de Desenvolvimento Agrário Ellen Viégas, o presidente do IPA, Dr. Joaquim Neto, e o Diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, e os nossos extensionistas da região.

Leia Mais

Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) participa da última edição do Ouvir para Mudar

A equipe esteve presente nas plenárias em todo o estado

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) foi uma das instituições que participou, nesta quarta-feira (27), das salas temáticas da última edição do Ouvir para Mudar, realizada na Escola Técnica Estadual Miguel Batista, no Recife.

O presidente do IPA, Joaquim Neto, esteve no evento. Ele acompanhou as discussões nas salas temáticas da Agricultura e Meio Ambiente, coordenadas, respectivamente, pelas secretárias de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Ellen Viégas e de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Fernando de Noronha, Ana Luiza Ferreira.

Ao avaliar a realização do Ouvir para Mudar, Joaquim Neto destacou a importância do evento para atender as demandas da população. “Estamos encerrando as escutas que começaram em Petrolina e estão terminando no Recife. É assim que sempre governamos. Esse é um perfil importante para qualquer governo”, destacou.

Sobre a participação do IPA, Joaquim Neto ressaltou a que o IPA é uma instituição que leva para o campo educação rural, assistência técnica e crédito rural. “Temos também transversalidade nas áreas da saúde, educação, turismo, meio ambiente. O IPA é uma empresa que se insere na vida das pessoas no estado todo. Nos grandes e pequenos municípios, na área rural e urbana. Por isso, é importante a participação do IPA com seus funcionários e diretoria no evento como esse”, frisou o gestor.

Na temática da agricultura, os extensionistas do IPA apresentaram propostas, visando melhorar o trabalho do homem do campo e a produção agrícola. Entre elas, melhorias na produção e distribuição do mel, reativação da Patrulha Rural e cursos de formação para o agricultor rural e da agricultura familiar.

A governadora Raquel Lyra presidiu a plenária de encerramento, onde foram apresentadas as demandas encaminhadas nas salas temáticas.

Leia Mais

Presidente do IPA participa da abertura da 3ª ExpoAgro

O presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Joaquim Neto, junto com a secretária de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Ellen Viégas, participou, no último domingo (24/09), da abertura oficial da 3ª ExpoAgro Nordeste, no Parque de Exposição do Cordeiro, no Recife.

Na ocasião, eles conversaram com expositores e visitaram os stands do IPA e baias onde estão expostos caprinos, equinos, suínos e bovinos, a exemplo das vacas holandesas criadas pelo instituto, na Estação Experimental São Bento do Una.

Ao falar durante a abertura, Joaquim Neto destacou o empenho do IPA para resgatar o trabalho realizado pelo instituto no estado. “É também o momento de inovação. A atividade do campo precisa ser inovada, fazendo chegar ao campo a tecnologia necessária para o desenvolvimento das atividades agrícolas. Esse é o dever do estado. De fomentar, de induzir e o privado fazer. Esse é o nosso dever e a orientação da governadora Raquel Lyra”, ressaltou Joaquim Neto.

A secretária Ellen Viégas, por sua vez, afirmou reconhecer o grande esforço que tem sido feito pelos trabalhadores rurais pernambucanos. “Potencial nós temos. O que estiver ao nosso alcance, como governo, iremos fazer”, garantiu a gestora.

Segundo os organizadores, a expectativa é de que mais 120 mil pessoas circulem pelo local durante o período da feira, que será encerrada em 1º de outubro.

Leia Mais

Aconteceu no IPA – 11 a 17 de setembro

11 de setembro – Controle Interno do IPA se reúne com diretoria para discutir Carta de Serviços 

Na última segunda-feira (11), o Controle Interno do IPA se reuniu com os diretores de Pesquisa, Extensão, Infraestrutura Hídrica e Administração e Finanças, além da Ouvidoria, para discutir a Carta de Serviços do IPA.

Esse encontro serviu para orientar os diretores do Instituto na produção de cartas objetivas e eficazes para seus respectivos departamentos, a fim de atualizar a Carta de Serviços do IPA no sistema do Governo do Estado, que não recebe atualizações desde o ano de 2018.

11 de setembro 

O IPA promoveu, em Petrolina, treinamento e atualização profissional aos seus profissionais na área de sementes das unidades do IPA (UBS Petrolina e Ibimirim)

Todos os anos o IPA realiza, de forma gratuita, a distribuição de sementes aos agricultores rurais em todo o Estado. Este ano, a distribuição, realizada dentro da janela do plantio, garantiu uma produção de milho de altíssimo desempenho em Pernambuco.

13 de setembro 

Na última quarta (13), o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco-IPA, Joaquim Neto, e parte do núcleo gestor da empresa, foram à Serra Talhada para realizar diversas ações na região. 

Na Estação Experimental do IPA local, o grupo se reuniu com 17 dos seus  cooperados  na produção de sementes de cebola e debateu o Registro Nacional de Sementes e Mudas (Renasem) sem o qual nenhum produtor poderá comercializar sua produção.

Também na Estação, uma equipe de veterinários e zootecnistas do IPA deu início ao processo de seleção e registro dos animais que compõem  o banco genético da raça Guzerá IPA,  iniciado na década  de 70 e respeitado pelo seu porte, produtividade e longevidade. Já junto aos engenheiros de pesca da empresa, foi apresentado o projeto para a  retomada da atividade de aquicultura na fazenda, que já foi modelo no país.  

A agenda foi concluída com uma reunião  na Gerência Regional da Extensão  Rural em Serra Talhada, onde o grupo se reuniu com a equipe para alinhar ações,  escutar dos técnicos as demandas locais e apresentar  algumas iniciativas já em andamento que vão beneficiar os produtores rurais da região.

13 de setembro 

Na última quarta-feira(13), a equipe do IPA participou de reunião destinada a propor soluções de adequação ambientais aos pescadores, e atividades de aquicultura aos moradores próximos à barragem de Tapacurá.

A reunião contou com a presença do Gerente Regional IPA de Carpina, Djalma Brito, dos Supervisores Bruno Borba e Francisco Canindé, do Engenheiro de Pesca do IPA Maviael Fonseca, do agente de extensão rural, José Dionisio, dos extensionistas Wlisses Cavalcanti e Lucia Gomes, e representantes da CPRH, UFPE, Sec Agricultura do município e STR.

13 de setembro – IPA no lançamento Programa Nacional de Agricultura Urbana e Periurbana em Brasília

O governo brasileiro instituiu na última quarta-feira (13), o Programa Nacional de Agricultura Urbana e Periurbana com a publicação do Decreto 11.700/2023 no Diário Oficial da União.

O IPA, através do PNUMA, participa do comitê diretivo e consultivo, que além de contribuir com o decreto, foi responsável pela produção do documento intitulado “Agendas municipais de agricultura urbana e periurbana: um guia para inserir a agricultura nos processos de planejamento urbano.”, informa Ana Paula Silva, gerente do Departamento de Educação e Metodologia de Extensão Rural, e representante do IPA no referido comitê.

13 de setembro 

Na última quarta-feira (13), visitaram a Estação Experimental IPA de Sertânia, juntamente com técnicos da Embrapa Caprinos e Ovinos, representados pela Chefe Geral, Ana Clara Rodrigues, um grupo de produtores africanos em intercâmbio, para conhecer experiências exitosas na criação de caprinos e ovinos no semiárido brasileiro na rota de aprendizagem internacional. Estavam presentes produtores de Botsuana, Lesoto e Zâmbia.

Na oportunidade, foi apresentado o Programa de Melhoramento Genético de Caprinos Leiteiros CAPRAGENE, as raças nativas e especializadas, os sistemas de produção, e a importância do IPA como gerador de tecnologias em sementes, forragicultura e assistência ao produtor rural.

13 de setembro

O IPA marcou presença com seu stand 13⁰ Torneio Leiteiro de Vacas e Cabras da Exposanto em Pedra-PE.  O torneio aconteceu entre os dias 13 e 17 de setembro com diversos stands, shows, desfiles, concursos no Parque de Exposições Napoleão Tenório Vaz. 

14 de setembro – IPA participa do Fórum da Agricultura Familiar, Reforma Agrária e Desenvolvimento Rural de Vitória de Santo Antão 

No dia 14 de setembro foi realizado o Fórum de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar no município de Vitória de Santo Antão. 

O Fórum contou com diversas lideranças políticas, como representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário, do IPA, INCRA, FETAPE, FETAE, o deputado estadual Doriel Barros e representantes dos movimentos sociais e assentados dos Engenhos, principalmente o Engenho São Francisco em Vitória. Representou o IPA o nosso Diretor de Extensão Rural e Assistência Técnica, Francisco Dantas.

Dentre os debates e encaminhamentos, ficou acertado uma agenda para o mutirão do CAF, realizado pelo IPA e lançamento do programa safra para 2023/24 através do MDA.

16 de setembro 

O presidente do IPA Joaquim Neto se reuniu com as equipes da Gerência Regional de Extensão de Palmares no último sábado (16) para debater as demandas da região e alinhar a participação do grupo no Programa ” Ouvir para Mudar” que está escutando os pernambucanos de todas as regiões do Estado para construir o Plano Plurianual do Estado- PPA 2024/2027.

Leia Mais