Agência de extensão rural do Maranhão busca parceria com o IPA para fortalecer agricultura familiar daquele estado

Um acordo de cooperação técnica está sendo discutido para implementação, em municípios maranhenses, de tecnologias desenvolvidas pelo IPA

Um acordo de cooperação técnica foi firmado, nesta segunda-feira (30), entre o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Estado do Maranhão (AGERP). O convênio tem o objetivo de promover o intercâmbio de pesquisa e extensão rural entre as duas instituições, visando fortalecer, naquele estado, o trabalho do homem e da mulher do campo. O documento foi assinado presidente do IPA, Joaquim Neto, e da AGERP, Sandro Montenegro.


A partir de agora, será montando um plano de trabalho com as diretrizes que devem ser seguidas. Com a parceria, o IPA irá disponibilizar toda a sua expertise nas áreas de plantios e agropecuária para fortalecer ações a serem realizadas pelos extensionistas maranhenses. A equipe do IPA também estará disponível para realização de cursos e pesquisas específicas para produção agrícola.


Antes da assinatura do convênio, Sandro Montenegro participou de uma reunião com Joaquim e diretores do IPA. “Nesse primeiro momento, estamos procurando tecnologia na produção de cultivares de tomate, como também de outras culturas e hortaliças que irão beneficiar os agricultores da família do nosso estado”, destacou o presidente da AGERP.


Questionado se a parceria também irá refletir nas diferenças climáticas e as características geográficas entre os dois estados, explicou que, atualmente, existem municípios no Maranhão que fazem parte do bioma Semiárido “e acreditamos que, através desses municípios, vamos conseguir implementar essa parceria, de acordo com as condições geológicas e geográficas de cada município”, assegurou.


Ao falar sobre a visita, Joaquim Neto, ressaltou a recomendação da governadora Raquel Lyra da necessidade de “construir pontes” para alcançar objetivos. “O Governo do Maranhão é parceiro do Governo de Pernambuco. Estamos construindo mais uma parceria na área da pesquisa, da extensão rural e recursos hídricos, mostrando para o governo e o agricultor maranhense a quantidade e a variedade de tecnologias, de cultivares novas, produtivas, resistentes a pragas, resilientes aos efeitos climáticos, que são muito importantes para aquele estado”, frisou o presidente do IPA.

Participaram da reunião, os diretores do IPA, Henrique Castelletti (Pesquisa), e Francisco Dantas (Extensão Rural); o coordenador do Núcleo Jurídico, Weidson Marinho e os pesquisadores Félix da Costa e Josimar Gurgel e, ainda, a professora Valéria Apolinário, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Leia Mais

IPA realiza Mutirão do CAF no município de Riacho das Almas

A iniciativa tem o objetivo de orientar os agricultores da família no processo de inscrição no cadastro

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) iniciou, nesta quinta-feira (26), uma ação importante para os agricultores do nosso estado: o Mutirão para Emissão do CAF (Cadastro do Agricultor Familiar). Este processo é fundamental para o homem e mulher do campo, pois permite o acesso a uma série de benefícios, como crédito rural, regularização ambiental e participação em programas de compras governamentais. No final da ação, foram emitidos 30 CAFs, 79 atendimentos realizados, além de 20 agendamentos para próximas duas semanas.

O presidente do IPA, Joaquim Neto, prestigiou o evento e fez uma saudação aos agricultores(as). Além de destacar a importância do CAF e seus benefícios para o agricultor, o presidente falou da possibilidade dos alimentos produzidos pelos agricultores da família serem introduzidos na merenda das redes de ensino municipal e do estado. “Todas essas ações são fundamentais para melhorar a vida do produtor rural. Então, contem sempre conosco e, assim, como diz a governadora Raquel Lyra, vamos trabalhar para que essas iniciativas cheguem, principalmente, para os invisíveis”, destacou Joaquim Neto.

Ele disse, ainda, que o mutirão em Riacho das Almas atendeu o pleito do prefeito da cidade, Dió Filho, o primeiro a procurá-lo para solicitar a realização do evento, mas que, a partir de agora, o mutirão será realizado em outros municípios, inclusive com a atuação de duas equipes do IPA. “Vamos ter uma equipe na sede e outra nas regionais para que trabalhem simultaneamente e, assim, iremos dinamizar a emissão do CAF, documento tão importante para o pequeno agricultor”, observou Joaquim Neto.

Josefa Maria, que também é agricultora, acompanhou os pais para fazer o cadastramento. “Essa iniciativa do IPA vai trazer muitos benefícios para nós. Nunca tinha visto um mutirão como esse. O nosso sentimento é de que a agricultura familiar está sendo valorizada e que, o alimento que cultivamos, vai beneficiar o próximo”, afirmou.

O CAF irá substituir a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e será a principal ferramenta para o acesso às ações, programas e políticas públicas voltadas para geração de renda e fortalecimento da agricultura familiar. O diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, também participou do evento.

Leia Mais

Campanha do IPA arrecada mais de uma tonelada de alimentos

A iniciativa foi idealizada pela Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento do instituto

A campanha “Mudas que Mudam: plante o futuro, alimente o presente”, promovida pela Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD) do IPA, arrecadou mais de uma tonelada de alimentos. A mobilização aconteceu durante a 1ª Feira Integrada de Produtos da Agricultura Familiar (Fipagri), realizada pelo instituto de 19 a 22 deste mês, reunindo mais 400 agricultores e produtores de todo o estado. 

Os itens doados pelos visitantes da Fipagri, que abraçaram a ideia de trocar um quilo de alimento por uma muda de planta, serão entregues a uma instituição social a ser escolhida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança, Juventude e Prevenção à Violência e às Drogas. A decisão é fruto de um entendimento entre a governadora Raquel Lyra e o presidente do IPA, Joaquim Neto.

As plantas doadas na Fipagri são cultivadas pelo IPA na Estação de Pesquisa Experimental de Itapirema. As mudas trazidas para o evento foram  espécies frutíferas, ornamentais e florestais, a exemplo de graviola, manga, pitanga, sapoti, pau brasil, pingo de ouro, ipê rosa, palmeira mini, entre outras. 

O resultado obtido pela campanha “Mudas que Mudam: plante o futuro, alimente o presente” mostrou que, quando estimuladas, as pessoas se engajam a ações sociais, a exemplo da realizada pelo IPA.

“Para os pesquisadores foi muito importante esse engajamento com o público. A gente tem feito a divulgação da pesquisa do IPA em outras instâncias, a exemplo de exposições, nas feiras de animais e isso tem sido muito importante porque a pesquisa acaba ficando mais perto do agricultor”, destacou o diretor de Pesquisa e Desenvolvimento do IPA, Henrique Castelletti. 

Ele disse, ainda, que durante a feira conversou com vários agricultores para aproximá-los mais da pesquisa. “Já estamos com algumas reuniões marcadas com a Diretoria de Extensão para que, com essa integração, chegarmos com novas soluções para os agricultores”, destacou.

Durante os quatros dias da feira foram arrecadados: arroz (186 kg), açúcar (296 kg), feijão (160 kg), fubá (335 kg), farinha (47 kg), macarrão (35 kg), farinha de trigo (20 kg) e sal (11kg), em um total de 1.090 quilos. 

Leia Mais

Feira da agricultura familiar do IPA supera todas as expectativas

A primeira feira idealizada pelo instituto reuniu mais de 450 produtores da agricultura familiar de todo o estado

A 1ª Feira Integrada de Produtos da Agricultura Familiar (Fipagri) superou as expectativas de agricultores e visitantes. Os produtores festejaram o sucesso nas vendas, enquanto as pessoas que circularam pelos pavilhões, ressaltaram a oportunidade que tiveram de comprar produtos de qualidade, alguns de sabores inéditos, a exemplo da buchada de tilápia, carpaccio de polvo e pólen apícula, por preços acessíveis e direto do produtor.

Segundo dados da organização, mais 12 mil pessoas visitaram a feira durante os quatro dias do evento. A Fipagri começou na última quinta-feira (19) e termina neste domingo (22), reunindo mais 500 produtores da agricultura familiar de todas as regiões do estado. A estrutura abrigou 200 estandes, 12 restaurantes, um palco para apresentações culturais e o espaço Cozinha de Família, coordenado pelo chef César Santos.

Josefa Marenilda, do Delícia da Tilápia, coordenado por um grupo de 10 mulheres, no município de Jatobá, falou sobre a importância da Fipagri e no impulso das vendas. “A feira foi muito importante para nós da agricultura familiar. As vendas foram ótimas. Alguns produtos acabaram logo no primeiro dia. A ideia do IPA de realizar essa feira foi maravilhosa. Só tenho a agradecer por esta oportunidade”, destacou, Josefa. Ela trouxe para a feira 150 itens feitos à base de tilápia (buchada, bolinho, filé e hamburger).

Em outro estande de sucesso, o da Ilha de Itamaracá, Kleber Ferreira e seu sócio Pedro Eugênio, chamaram a atenção com a exposição de favos de mel para degustação. Apicultor desde 1986, ele comercializou mel de abelha orgânico, própolis e pólen apícula, em um total de 276 unidades.

“A Fipagri foi uma grande novidade para nós. E para a cadeia econômica dos produtores e para agricultura familiar foi excepcional. O apoio do IPA e de seus técnicos foi exemplar. O IPA está de parabéns pela iniciativa. A feira foi um grande sucesso”, destacou o apicultor.

Para o presidente do IPA, Joaquim Neto, além de dar oportunidade de comercialização e de novos contatos para negócios, a feira deixa como legado uma janela de oportunidade por meio do site do IPA. “A comunicação do IPA fez fotos de produtos e produtores e todas as informações ficarão disponíveis no site do instituto para contatos pós-feira”, ressaltou o gestor.

Outra iniciativa social que deu certo foi a campanha “Mudas que Mudam: plante o futuro, alimente o presente”, que arrecadou uma tonelada de alimentos. Os visitantes trocaram um quilo de alimento por uma muda cultivada pelo IPA na Estação de Pesquisa Experimental de Itapirema. Nesta segunda-feira, Joaquim Neto anunciará a instituição a ser beneficiada.

Leia Mais

IPA leva alunos da rede municipal de Ferreiros para conhecer produção de hortaliças

Em mais uma ação para preparar o jovem sobre a importância do cultivo de hortaliças, o IPA promoveu mais uma ação com a alunos no campo. Desta vez, a iniciativa foi realizada com estudantes da rede municipal de Ferreiros, na Mata Norte do Estado. Durante a visita, as crianças tiveram a oportunidade de conhecer, na prática, a área de produção de hortaliças do Sítio Arnau. Além de vivenciar as formas de cultivo, o grupo aprendeu a colher alguns produtos e manusear a terra, em um momento especial para eles.


A inciativa é mais uma ação do IPA, visando mostrar aos jovens e crianças a importância de levar para a mesa das pessoas alimentos de boa qualidade, frescos e sustentável. A ação, realizada na manhã desta segunda-feira (23), foi acompanhada pelo extensionista do IPA, Ewerton Freire. O município de Ferreiros faz parte da Gerência Regional de Carpina/IPA, que é coordenada por Djalma Brito. A supervisão é de Francisco Canindé.

Leia Mais

Alunos da rede municipal Camutanga visitam plantio de hortaliças do IPA

Um dia especial para os alunos da Escola Francisco Pereira, da rede municipal de Camutanga. O aprendizado foi fora da sala de aula, uma atividade proporcionada pelo IPA. As crianças conheceram a área de produção de hortaliças do Sítio Arnau.

O cultivo dos produtos tem o acompanhamento do IPA e é supervisionado por Ewerton Ramos, extensionista do IPA, que acompanhou a visita dos alunos à área. Algumas das hortaliças cultivadas no Sítio Arnau estarão expostas na 1ª Feira Integrada de Produtos da Agricultura Familiar (Fipagri), que começa nesta quinta-feira (19), na sede do IPA.

Além de conhecer e aprender sobre o cultivo das hortaliças, os alunos provaram um delicioso café da manhã, com frutas, bolo de banana e sucos. “Essa experiência é importante para as crianças iniciarem o primeiro contato a produção de hortaliças”, comentou Ewerton Ramos.

Participaram da visita Elida Chaves, diretora da escola Francisco Pereira e os professores, Walquíria, Taciana, Ednete, Jedson e Maria Leonilde.

Leia Mais

Diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, participa da XIV Semana de Agronomia

O diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, foi um dos palestrantes da XIV Semana de Agronomia. O evento, que tem como tema O Papel do Engenheiro Agrônomo no Desenvolvimento Sustentável da Agricultura, acontece na Unidade Acadêmica de Serra Talhada, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), e termina nesta sexta-feira (20).

Francisco Dantas falou sobre Assistência Técnica no Semiárido Pernambucano /Desafios da Tecnificação para as Pequenas Propriedades no Semiárido, na terça-feira (17). Ao comentar sobre a participação do IPA em eventos, a exemplo da XIV Semana de Agronomia, Dantas destacou que parcerias com as universidades fortalecem e aproximam, cada vez mais, o IPA dos centros de pesquisas e dos centros acadêmicos.

“E isso, no futuro próximo, permitirá aos estudantes egressos desses centros um entendimento mais apurado em desenvolvimento rural, com ciência e a tecnologia a serviço do conhecimento”, observou.

O público alvo das palestras são alunos dos cursos de Licenciatura em Agronomia, Biologia, Matemática e Veterinária. “Foi muito proveitoso. Eventos assim aproximam o IPA, cada vez mais, dos alunos que estão se preparando para entrar no mundo da extensão rural, da pesquisa e do desenvolvimento”, reforçou Francisco Dantas.

Leia Mais

IPA leva agricultura familiar para Festa do Abacaxi em Pombos

Produtos da agricultura familiar foram destaques na 37ª Festa do Abacaxi, tradicional evento da cidade de Pombos. Os agricultores, apoiados pelo IPA, tiveram a oportunidade de apresentar e comercializar seus produtos, oferecendo ao público alimentos frescos e de boa qualidade. A festa foi realizada neste final de semana.

Durante a festa, os agricultores falaram sobre a importância de contar com o apoio do IPA, destacando que, a partir da orientação dos extensionistas, conseguiram produzir bolos, doces, cachaça, licores e vinhos, não ficando apenas no cultivo da fruta.

 A Festa do Abacaxi foi destaque na imprensa local e também contou com a divulgação com um carro de som e locutor do IPA. O diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, prestigiou o evento. Ele concedeu entrevista para Rádio Brasil 98,5 de Pombos, oportunidade em que falou do trabalho do IPA em incentivar e valorização dos produtores da agricultura familiar do Estado.

Também participaram da festa o prefeito de Pombos, Marcos Ferreira, o secretário de Agricultura Meio Ambiente, Indústria e Comercio, Jairo Rubens, e Geninho, de Turismo e Esportes. O secretário de Governo do município de Cupira, André Macedo, também marcou presença.

Leia Mais

IPA discute parceria com o Banco do Nordeste

Representantes do Banco do Nordeste participaram, nesta quarta-feira (4), de uma reunião na sede do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), onde conversaram sobre a parceria entre as duas instituições em prol dos agricultores rurais pernambucanos. Evandro da Silva Sousa, gerente de Agência do Banco do Nordeste, e Wellington Rodrigues, gerente de Negócio da Superintendência estadual, foram recebidos pelo diretor de Extensão do Rural do IPA, Francisco Dantas.

Também participaram do encontro Ana Paula Silva, gerente do Departamento de Educação e Metodologia de Extensão Rural e Lucineide Cruz, diretora do Departamento de Estudos, Projeto e Gestão da Informação. O objetivo da reunião foi de fortalecer as ações de assistência técnica do IPA com os projetos dos agricultores atendidos pelo banco.

“Estamos fazendo a retomada das discussões sobre a parceria com o Banco do Nordeste para incentivar cada vez mais a questão do crédito junto aos pequenos produtores. A agricultura familiar e o desenvolvimento familiar não caminham sem o crédito e o crédito não caminha sem a agricultura familiar. Então, essa estratégia é muito importante para fortalecer a economia local dos pequenos agricultores e o desenvolvimento sustentável, a partir de uma lógica que é agricultura familiar participativa”, destacou Francisco Dantas.

Ao comentar a parceria do banco com o IPA, Evandro da Silva Sousa frisou que o objetivo da instituição financeira é de fazer com que o crédito chegue ao produtor rural. “Então, o banco está aberto a todas as parcerias. Cada um, fazendo o seu papel, conseguiremos destravar documentos necessários para que possamos emprestar dinheiro ao produtor. Com isso, daremos a eles condições de melhorar sua qualidade de vida”, ponderou Evandro.

Leia Mais

Produtos da agricultura familiar de São Lourenço da Mata estarão expostos na Fipagri

Hortaliças e legumes cultivados por produtores da agricultura familiar do acampamento Creuza Maria, na Fazenda Santa Maria, em Tiúma, no município de São Lourenço da Mata, estarão à disposição do público na Fipagri (1ª Feira de Produtos da Agricultura Familiar), que será realizada no IPA. Nesta quinta-feira (5), um grupo de agricultores esteve na sede da instituição, onde foram recebidos pelo presidente do IPA, Joaquim Neto.

Durante a visita, eles também tiveram a oportunidade de expor os produtos cultivados no assentamento para os funcionários da empresa. No acampamento Creuza Maria, o cultivo é feito por 150 agricultores. Na área, estão assentadas 300 famílias. Estiveram no IPA os agricultores Yone Alves, Adriano Santana Vieira e Antônio Gomes.

“A feira da agricultura familiar é uma oportunidade que estão dando aos agricultores, valorizando o nosso trabalho. Então, convidamos todos vocês para visitarem a Fipagri. Venham conhecer os mais variados produtos da agricultura familiar, que são saudáveis e de qualidade”, destacou Yone Alves.

Leia Mais