Programa de Aquisição de Alimentos beneficia mais de 600 pessoas em Caruaru

O IPA fez o lançamento do PAA no município nesta quarta-feira. O evento contou com a participação de agricultores/produtores, entidades beneficiadas e autoridades locais

Caruaru sediou, na última quarta-feira (21), o evento de lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) para a região. O PAA é uma ação do Governo Federal, em parceria com os governos municipais e estaduais. O diretor de Extensão do IPA, Francisco Dantas, e extensionista do instituto e coordenador do PAA, Isaque Nascimento, recepcionaram agricultores/fornecedores dos alimentos aquiridos pelo programa, representantes das entidades beneficiadas e autoridades locais.

Na Gerência Regional do IPA/Caruaru, 11 municípios participam do PAA. São 56 entidades atendidas, beneficiando diretamente 17.274 pessoas e 132 agricultores/fornecedores cadastrados. No município de Caruaru, 644 pessoas foram beneficiadas, oito instituições atendidas e 20 agricultores/fornecedores.

O PAA tem a finalidade de levar alimentos frescos e de boa qualidade para pessoas que vivem em situação de insegurança alimentar e nutricional. Em Pernambuco, o programa foi iniciado em meados de dezembro do ano passado. Segundo Isaque Nascimento, o estado já comprou e doou 116.814 quilos de produtos agropecuários.

 Aos agricultores e criadores da agricultura familiar foram pagos R$ 740.225,00. Já foram adquiridos 78 tipos de produtos da agricultura familiar: olerícolas, frutas, feijão, milho, carnes, bolos e raízes e tubérculos

Desde o início do programa, 41 municípios pernambucanos foram contemplados com o PAA.  A proposta do IPA é de, até março, chegar a 87 cidades de todas as regiões do estado.

PAA Caruaru

Em Caruaru, a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) foi uma das entidades beneficiadas. “Sabemos da importância da alimentação na primeira infância, na fase adulta, na adolescência e no envelhecimento. E nós, que fazemos um trabalho voltado para pessoa com deficiência, é uma ação dessa é de extrema importância porque a maioria dos nossos usuários, que fazem acompanhamento e tratamento conosco, vivem em situação de insegurança alimentar. Então, só temos gratidão ao IPA por esta iniciativa”, disse Venessa, coordenadora da APAE/Caruaru.

Daniele, da Casa dos Pobres São Francisco de Assis, também destacou a importância da doação dos alimentos do PAA para a instituição. “Para nós é uma imensa alegria receber os gêneros alimentícios do PAA. Não apenas para garantir a alimentação dos idosos assistidos pela nossa instituição, como também porque fortalece a agricultura familiar”, observou.

No lançamento do programa em Caruaru, fizeram parte da composição mesa: Francisco Dantas e Isaque Nascimento; João Herculino, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caruaru; Dayse Santos Silva, secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru; Marcos Júnior, secretário de Desenvolvimento Rural de Caruaru; Genycleison, presidente da Associação dos Pequenos Agricultores de Murici e Adjacências; Cristiane, representante da Casa dos Pobres São Francisco de Assis; Ana Lúcia, representante da entidade Irmãs Werbuga; Evandro, representante do CMAS; Priscila, representante do CONSEA e Leonardo, representante do IPA/Caruaru.

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é lançado em São Bento do Una

O evento contou com a presença da equipe de técnicos do IPA, autoridades locais e agricultores/fornecedores do programa

O município de São Bento do Una, no Agreste pernambucano, recebeu, nesta segunda-feira (19), a equipe do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que fez, na cidade, o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Os produtos, comprados de 26 agricultores/fornecedores, foram entregues a três entidades cadastradas no programa, beneficiando diretamente 2.330 pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

A Região do Agreste, cuja gerência é Lajedo, cadastrou sete, entre os 87 municípios cadastrados para participar do PAA estadual. Foram incluídas 24 entidades, beneficiando 6.909 pessoas. Ao todo, 98 agricultores/fornecedores foram cadastrados pelo programa. O PAA é uma iniciativa do Governo Federal, em parceria com os governos estaduais e municipais.

Na solenidade de lançamento do PAA em São Bento do Una, estavam presentes o diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, e vários técnicos do instituto. Também participaram do evento Mosh Dayan, representando a deputada estadual Débora Almeida, vereadores, representantes de entidades beneficiadas como a Cozinha Comunitária, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Secretaria municipal de Agricultura, e aproximadamente 15 agricultores familiares/fornecedores do programa.

Leia Mais

Com o apoio do IPA, agricultores e agricultoras de Chã de Grande concluem curso sobre Iniciação a Criação de Aves de Postura

O curso foi realizado pela Associação de Pequenos Produtores da Comunidade de Palmeiras

Agricultores e agricultores do Sítio Palmeiras, em Chã Grande, concluíram o curso de Iniciação a Criação de Aves de Postura, promovido pela Associação de Pequenos Produtores da Comunidade de Palmeiras, em Chã Grande, com o apoio do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). O curso foi dividido em vários módulos, sendo último realizado nesta segunda-feira (29), com um intercâmbio na comunidade de Pau Santo, em Caruaru.

Na localidade, os agricultores/as tiveram a oportunidade de conhecer o abatedouro da Rede Produtiva de Agricultores da Agricultura Familiar de Caruaru, onde se tem a criação e é feito o abate e a comercialização das aves.

 “A Rede recebeu, por meio de várias parcerias, a implantação de uma agroindústria de abate de aves, que atualmente, absorve a produção dos associados ligados à rede e tem parceria com outros municípios, atuando, por enquanto, apenas com o mercado institucional (PAA e PNAE)”, explicou Gilberto Braga, extensionista do Escritório Municipal do IPA, em Chã Grande.

Gilberto destacou, ainda, que todo o trabalho para implantação do projeto foi acompanhado pelos extensionistas da Gerência Regional do IPA/Caruaru (Dilza Albuquerque e José Carlos), “que e continuam participando deste case de sucesso”, disse. Para realização do curso Iniciação a Criação de Aves de Postura, o IPA contou com a parceira da Prefeitura de Chã Grande e a participação efetiva da Associação de Pequenos Produtores da Comunidade de Palmeiras.

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) contempla município de São Vicente Férrer

O lançamento do programa ocorreu nesta quarta-feira com a presença da equipe do IPA, autoridades locais e agricultores/as

O município de São Vicente Férrer recebeu, nesta quarta-feira (24), a equipe do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) para o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O projeto, que é uma iniciativa do Governo Federal, com a execução do Governo do Estado, tem o objetivo de promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Em Pernambuco, o programa irá beneficiar cerca de 150 mil pessoas e, até o final de fevereiro, chegará a 87 municípios.

No PAA, os alimentos são comprados diretamente dos agricultores/as que são cadastrados pelo IPA. O instituto também é responsável pelo cadastro das instituições que recebem os produtos (hortaliças, tubérculos, frutas, verduras e proteína animal). São entidades que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional. Em São Vicente Férrer, foram cadastrados 51 agricultores, 10 entidades e 6021 pessoas beneficiadas.

“A parceria do IPA com os agricultores, junto com a prefeitura, é importante porque incentiva a produção e também tira o atravessador do processo. E ainda contamos com o apoio do extensionista do instituto, que nos ajuda com consultoria no trabalho no campo”, destacou o agricultor Rafael Cavalcante.

O secretário municipal de Agricultura, Márcio Lima, definiu como “forte e duradoura” a parceria entre o Governo Municipal e o IPA. “Os extensionistas sabem que a prefeitura está à disposição para o que precisarem. Podem contar conosco porque, o precisarem, será feito”, garantiu o gestor que, junto com o secretário de Assistência Social, Adilson Carlos, representou o prefeito da cidade, Marcone Vicente dos Santos.

O diretor presidente do IPA, Joaquim Neto, ressaltou que quando o trabalho é feito com a união de todos (governos federal, estadual e municipal) as coisas acontecem. “Nós que fazemos parte da equipe do  Governo e seguimos a orientação da governadora Raquel Lyra ficamos felizes quando em ver que as coisas funcionamndo. E aqui sei que as coisas vão acontecer”, disse Joaquim Neto.

O diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, destacou o trabalho do IPA para levar o PAA para os municípios. “E isso ainda é muito pouco. Estamos empenhados em trazer mais recursos para que os alimentos cheguem apenas a São Vicente Férrer, mas para a toda a região”, observou. Também participaram do lançamento, Isaque Nascimento, extensionista do IPA e coordenador do PAA, Fabrício Bezerra Pereira, supervisor regional, e Luiz Filho.

Outros municípios

Na Gere Surubim sete municípios participam do PAA, com 53 entidades, beneficiando diretamente 16.703 pessoas. Foram cadastrados 127 agricultores/as, que fornecem os alimentos para o programa.

Em Machados, são duas entidades cadastradas, beneficiando 571 pessoas. No município, 29 agricultores/as foram cadastrados no programa.

Leia Mais

IPA lança PAA na Gerência Regional de Garanhuns

Uma solenidade realizada nesta quinta-feira (21), na Regional do IPA/Garanhuns, marcou o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no município. A ação contempla agricultores familiares de sítios e comunidades quilombolas da região. Em Pernambuco, o PAA irá chegar 87 municípios, em um trabalho implementado pelo IPA. Da verba destinada ao programa pelo Governo Federal, o instituto recebeu R$ 8 milhões.

Em Garanhuns, sete instituições receberam os alimentos que foram colhidos por 11 agricultores da região. Foram cinco creches, um abrigo de idosas e o grupo Desafio Jovem, beneficiando 560 pessoas, que terão a alimentação reforçada com hortaliças, verduras, frutas e tubérculos, a exemplo de mamão, milho verde, couve, macaxeira e batata doce. Foram adquiridos 1.300 quilos de alimentos.

O abrigo São Vicente de Paulo, que acolhe 65 idosas, foi uma das entidades beneficiadas. Antes do lançamento do programa, o diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, visitou as instalações. Ao falar sobre a importância do PAA chegar às instituições, destacou enriquecimento na alimentação das pessoas. “Na hora que estmos fornecendo alimento de qualidade e seguro, estamos fazendo o bem e gerando saúde à aqueles que mais precisam. E esse o nosso caminho, como a governadora Raquel Lyra prometeu durante a campanha e agora em seu governo de lançar o grande olhar para os que estavam invisíveis’, afirmou. A diretora do abrigo, Irmã Rita Alves Duarte, destacou o benefício da ação para sua instituição. “Vai fazer uma diferença na qualidade de vida das nossas idosas. Não tenho palavras para falar do valor desses produtos entregues pela IPA”, disse a religiosa.

Entres os convidados para inauguração, o deputado estadual Izaías Régis ressaltou o trabalho que vem sendo realizando no estado para dar ao homem do campo condições de produzir, vender e sobreviver. “Quero nesse momento parabenizar os agricultores de todo o nosso município e espero que vocês e toda a equipe do IPA tenham consciência de que não foi só o governo que mudou, mudamos todos nós e que possamos ser o agente desse desenvolvimento do estado”, frisou.

Também participaram do evento, o diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, o diretor de Infraestrutura Hídrica, Pedro Nunes, o gerente da Regional de Garanhuns, Emanuel Marçal, o extensionistas do IPA Isaque Nascimento, responsável pela implantação do PAA nos municípios, a irmã Rita Alves, agricultores e demais representantes das instituições beneficiadas.

Leia Mais

Extensionistas do IPA ensinam técnicas de enxerto da Rosa do Deserto para mulheres do campo

Ação foi realizada na Associação Carretão, em Petrolina

Uma ação inédita entre as atividades realizadas pelo IPA aconteceu, na última quinta-feira (7), na Associação de Carretão, localizada a 80 quilômetros de Petrolina. Extensionistas do instituto promoveram uma oficina, com demonstrações práticas, para falar sobre enxertia da rosa do deserto.

Foram mostradas duas técnicas para o enxerto: colagem e sob pressão, utilizando a fita de enxertia. O público, formado basicamente por mulheres agricultoras, aprendeu didaticamente o manuseio correto para fazer o enxerto. A ação foi coordenada pelos extensionistas do IPA Severino Ramos e Nádia de Souza.

A atividade na Associação de Carretão é um exemplo das alternativas que a Gerência de Petrolina vem buscando para atender, principalmente, a mulher do campo.

Leia Mais

IPA promove intercâmbio entre agricultores do Brejo da Madre Deus e Arcoverde

A visita foi realizada em uma plantação de morangos no Brejo da Madre Deus

Uma ação importante para o aprendizado de quem trabalha no campo foi realizada pela Gerência Regional/IPA Extensão Rural de Arcoverde. A regional promoveu um intercâmbio para agricultores da Comunidade Serra das Varas, zona rural de Arcoverde, que tiveram a oportunidade de visitar áreas de produção de morangos, no município do Brejo da Madre Deus, que tem o apoio da Gerência Regional de Caruaru.

No local, os agricultores puderam trocar experiências sobre aquisição de mudas, variedades cultivadas, período de produção, volume produzido, exigências hídricas e de fertilidade de solo, manejos da cultura e processamento e comercialização da produção.

Participaram da visita, o gerente Regional Arcoverde, João Santana, o supervisor Regional Arcoverde, Ivaldo Santos, e os agricultores Lourival Caetano e Rafael Caetano, e o agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura de Arcoverde, Antônio Lins. O grupo foi recebido pelos extensionistas locais Henágio e Maurício.

 A finalidade da visita\intercâmbio é de futuramente implantar uma unidade demonstrativa de produção de morango na comunidade da Serra das Varas, na zona rural de Arcoverde, uma comunidade, que em pleno Sertão do Moxotó pernambucano, apresenta um micro clima de brejo de altitude, com uma altitude próximo dos 900m acima do nível do mar, tendo, portando, condições propícias para produção do fruto. A visita foi realizada na última quinta-feira (7).

Leia Mais

Extensionistas do IPA promovem Dia de Campo sobre Cana de Açúcar

Ação foi realizada para agricultores do município de Rio Formoso

Sessenta agricultores do assentamento Mato Grosso de Baixo, no município de Rio Formoso, tiveram um dia de aprendizado sobre o manejo da cana de açúcar. Eles participaram, nesta terça-feira (5) do Dia de Campo sobre Cana de Açúcar, evento promovido pelo IPA em parceria com a prefeitura da cidade, BNB e a Usina Cucaú.

De acordo extensionistas do IPA, que atuaram no projeto, o objetivo de ação foi de fortalecer a cadeia produtiva da cana de açúcar e orientar os agricultores (as) familiares e técnicos para o manejo adequado da cana.

Com mais essa ação junto aos trabalhadores do campo, os extensionistas do IPA mostram que o instituto está buscando, cada vez, alternativas que possam melhorar a vida no campo. Tudo está sendo pensando com a finalidade de promover eventos que venham ajudar os agricultores\as e direcionadas para o que é cultivado e produzido em cada região do estado.

Ação foi realizada para agricultores do município de Rio Formoso

Sessenta agricultores do assentamento Mato Grosso de Baixo, no município de Rio Formoso, tiveram um dia de aprendizado sobre o manejo da cana de açúcar. Eles participaram, nesta terça-feira (5) do Dia do Campo sobre Cana de Açúcar, evento promovido pelo IPA em parceria com a prefeitura da cidade, BNB e a Usina Cucaú.

De acordo extensionistas do IPA, que atuaram no projeto, o objetivo de ação foi de fortalecer a cadeia produtiva da cana de açúcar e orientar os agricultores (as) familiares e técnicos para o manejo adequado da cana.

Com mais essa ação junto aos trabalhadores do campo, os extensionistas do IPA mostram que o instituto está buscando, cada vez, alternativas que possam melhorar a vida no campo. Tudo está sendo pensando com a finalidade de promover eventos que venham ajudar os agricultores\as e direcionadas para o que é cultivado e produzido em cada região do estado.

Leia Mais

Mutirão do IPA para emissão do CAF atende agricultores/as de Barreiros

Em mais uma ação para atender agricultores pernambucanos, o Mutirão do IPA para emissão do CAF foi realizado, nesta quarta-feira (29), no município de Barreiros. Os extensionistas do IPA vêm trabalhado em todo o estado para dar às famílias agricultoras acesso a um documento fundamental para atividades agrícolas.

O Cadastro do Agricultor Familiar (CAF) é um instrumento permite aos agricultores/as o acesso às políticas públicas dos governos estadual e federal direcionadas à agricultura familiar. Em Barreiros, está prevista a emissão de 70 cadastros.

O mutirão do IPA para emissão do CAF tem percorrido o estado atendendo famílias de agricultores/as em assentamentos e sítios dos municípios pernambucanos. Estão entre as cidades contempladas com a ação, Recife, Caruaru, Cumaru, Vertentes, São José da Coroa Grande, Canhotinho, Panelas, Cabo de Santo Agostinho, Rio Formoso e Quipapá.

Leia Mais

IPA avança no projeto de expansão do plantio do algodão agroecológico em Pernambuco

O assunto foi tema de uma reunião, nesta quarta-feira, com representes do Ministério do Desenvolvimento Agrário Agricultura Familiar (MDA) e Embrapa Algodão, na sede do instituto

Em reunião com representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA) e Embrapa Algodão, nesta quarta-feira (29), o diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, voltou a tratar da implementação do projeto para o plantio do algodão agroecológico no estado. O tema foi discutido com base na proposta que vem sendo trabalhada para expansão a produção de uma cultura importante para geração de renda das famílias agricultoras.

Além do projeto do algodão, também foi discutida a parceria do IPA com o ministério, a exemplo da liberação de uma verba de R$ 500 mil de custeio para assistência técnica de 250 famílias, que trabalham com projetos voltados para agroecologia. O trabalho será realizado nos municípios de Sertânia, na Região do Moxotó, e Itapetim, São José do Egito, Serra Talhada, Tuparetama e Custódia, no Sertão do Pajeú.

Marenilson Batista, diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Secretaria da Agricultura Familiar e Agroecologia do MDA, destacou a parceria com o IPA na execução das atividades realizadas pela empresa, a exemplo da liberação da verba de custeio.

“E estamos continuando nossa conversa com o IPA sobre o projeto do algodão agroecológico, para que possamos, juntamente com a Embrapa Algodão, o Ministério do Desenvolvimento Agrário, o Consórcio Nordeste (Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste), expandir mais áreas de produção do algodão agroecológico em Pernambuco”, frisou Marenilson.

O diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, lembrou que a empresa já assinou um convênio com a Embrapa, tanto na área de produção de sementes, como para a implantação dos campos de algodão agroecológico no estado.

“A partir de agora, vamos começar a tratar do plantio das estações de Araripina, Serra Talhada e de Caruaru para produção de sementes, e também, dos campos com os agricultores. Produzir algodão agroecológico não é uma atividade simples. É uma atividade que precisa de assistência técnica, de muito acompanhamento e é isso que o ministério, a Embrapa e o IPA vão fazer no estado de Pernambuco”, afirmou o gestor. Também participaram da reunião o coordenador do MDA em Pernambuco, Caetano De Carli, José Jaime Vasconcelos, da Embrapa Algodão, o diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas e o gerente de Assistência Técnica e Extensão Rural do instituto, Maviael Fonseca.

Leia Mais