Estande do IPA impressiona público da FENAFES, em Natal

O estande institucional do Governo do Estado, representando pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário, vem chamando a atenção do público e da organização da I Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária (FENAFES).

O espaço vem recebendo um grande número de visitantes e muitos elogios. O projeto reúne elementos característicos de Pernambuco e encanta pela beleza e funcionalidade.

“Entrar no estande do IPA é vivenciar a essência pernambucana e esse é objetivo, já que representamos a Agricultura Familiar com toda a sua riqueza e pluralidade. Além disso, destaco os produtos em exposição, que são de excelente qualidade”, destaca o secretário de Desenvolvimento Agrário, Luis Eduardo Antunes.

Toda criação de layout, estrutura e gestão dos estandes institucional e do Espaço Pernambuco, destinado as agricultoras e agricultores familiares, foi da Diretoria de Extensão Rural, Pesquisa e do Núcleo de Comunicação do IPA.


Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

Paulo Câmara e Lula visitam estande do IPA na I FENAFES, em Natal

O estande do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), localizado na área principal da I Feira Nordestina de Agricultura Familiar e Economia Solidária, (FENAFES), no Centro de Convenções de Natal, recebeu nesta quinta-feira (16), do governador Paulo Câmara e o ex-presidente Lula com a esposa Janja, e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Cerca de 800 agricultores familiares estão no Centro de Convenções participando da feira. Já de Pernambuco são 80 produtores familiares de vários municípios expondo seus produtos, como mel, queijo, artesanato, frutas, e hortaliças, sobre a orientação da Extensão Rural do Instituto Agronômico e a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA). A FENAFES é uma iniciativa da Câmara Temática da Agricultura Familiar. O evento contou com a participação de representantes de várias entidades sociais, como a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (UNICAFES).

Foram investidos na I FENAFES R$ 640 mil em estrutura por parte do Governo do Rio Grande do Norte e R$ 750 mil na investidos na programação cultural por meio da Fundação José Augusto. O evento tem como objetivo fortalecer iniciativas de integração de políticas públicas em torno do Programa de Alimentos Saudáveis do Nordeste e promover o intercâmbio de políticas públicas entre governos e movimentos sociais, além de fortalecer o cooperativismo e oferecer formação, por meio de oficinas e cursos sobre acesso à terra, produção de alimentos saudáveis e agroecologia.

A feira também é considerada um espaço estratégico para reafirmação da identidade cultural da região, divulgação de saberes e sabores que marcam e caracterizam o povo nordestino, e conta com a cozinha “Sabores da Terra” e Festival Gastronômico, além de programação cultural com shows de artistas de destaque regional e nacional. 

Fotos: Adriano Manoel

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

IPA realiza palestra sobre “Agricultura Orgânica”, em Vitória de Santo Antão

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) realizou na segunda-feira (06), na comunidade de Mocotó, em Vitória de Santo Antão uma oficina sobre “Agricultura Orgânica”. O objetivo é implementar conhecimentos e orientações para os produtores de orgânicos que comercializam em feiras de produtos de orgânicos.

Agricultura Orgânica é um processo produtivo comprometido com a organicidade e sanidade da produção de alimentos vivos para garantir a saúde dos seres humanos, razão pela qual usa e desenvolve tecnologias apropriadas à realidade local de solo, topografia, clima, água, radiações e biodiversidade própria de cada contexto, mantendo a harmonia de todos esses elementos entre si e com os seres humanos.

A palestra teve o comando do extensionista Roberto Félix, do gerente de inspeção vegetal da ADAGRO, do engenheiro agrônomo Jurandir Barros e do pesquisador do IPA  Luiz Evandro da Estação de Vitória e do secretário de Agricultura de Vitoria, José Cláudio. Mais de 30 agricultores familiares participaram do encontro.

As práticas da agricultura orgânica, assim como as demais sob a denominação de biológica, ecológica, biodinâmica, agroecológica e natural, comprometidas com a sustentabilidade local da espécie humana na terra, implicam em:

  1. Uso da adubação verde com uso de leguminosas fixadoras de nitrogênio atmosférico;
  2. Adubação orgânica com uso de compostagem da matéria orgânica, que pela fermentação elimina microorganismos como fungos e bactérias, eventualmente existentes em estercos de origem animal, desde que provenientes da própria região;
  3. Minhocultura, geradora de húmus com diferentes graus de fertilidade; manejo mínimo e adequado do solo com plantio direto, curvas de níveis e outras para assegurar sua estrutura, fertilidade e porosidade;
  4. Manejo da vegetação nativa, como cobertura morta, rotação de culturas e cultivos protegidos para controle da luminosidade, temperatura, umidade, pluviosidade e intempéries;
  5. uso racional da água de irrigação seja por gotejamento ou demais técnicas econômicas de água contextualizadas na realidade local de topografia, clima, variação climática e hábitos culturais de sua população.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

IPA sedia feira de artesanato no hall da sede

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) realiza nesta quarta-feira (08) e quinta-feira (09), uma feira de artesanato com produtos regionais feitos manualmente, com variados materiais e técnicas.

A Feira de Artesanato apresenta uma grande variedade de produtos confeccionados artesanalmente, como: artigos em crochê e tricô, bijuterias, peças decorativas, artigos em couro, mosaicos, quadros, porcelanas, roupas e acessórios para pets, plantas ornamentais, entre outros.

Quem visitar também vai poder conferir as várias barracas de comidas típicas brasileiras, como cuscuz recheado, bolinho caipira, crepe, bolo de rolo, tapioca, pastel, e muito mais.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

Agricultores aprendem sobre fabricação de composto orgânico e Biofertilizantes em Santa Maria da Boa Vista

Um curso voltado para as práticas agroecológicas, com ênfase na fabricação de Composto Orgânico e Bi

Um curso voltado para as práticas agroecológicas, com ênfase na fabricação de Composto Orgânico e Biofertilizantes será realizado na próxima quarta (18) e quinta-feira (19), em Santa Maria da Boa Vista. A iniciativa é do escritório local de Santa Maria da Boa Vista, ligado à Gerência Regional do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) , em Petrolina.
As palestras serão ministradas pelos extensionistas do IPA, José Américo Barros Leite e Manuel Cândido, com apoio do gerente, João Batista, e do supervisor, Carlos Possídio. O curso atende à demanda de 40 agricultores familiares da Ilha do Saco e Comunidade Badajós, que querem, por meio das práticas aprendidas, baixar o custo da produção pelo maior aproveitamento de recursos dos sistemas existentes, utilizando um manejo sustentável na atividade, principalmente no que diz respeito ao uso do solo.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

Agricultores de Arcoverde participam de visita técnica à Petrolina

Interessados em adquirir e trocar conhecimentos sobre o beneficiamento do umbu (Spondias tuberosa), um grupo de agricultores de Arcoverde realizou visita técnica à Gerência Regional de Petrolina a fim de conhecer os trabalhos realizados e apoiados pelo IPA na unidade.
O intercâmbio ocorreu na terça (03) e quarta-feira (04), nas Associações do Pajeú, em Dormentes, e na Associação de Mulheres da Baixa do Tatu, em Petrolina. Os visitantes são agricultores e agricultoras que representam a APROMAR – Associação dos Produtores Rurais do Sitio Malhada Arcoverde ( Everaldo Bezerra, Jamilson Bezerra, Cleide Sales), Associação do Sítio Pereiro ( Celso da Silva Souza) e Fundação Terra (Aline Ramos).
O grupo foi recebido pelo gerente da Regional de João Batista Carvalho e pelo supervisor Carlos Alberto Possídio. A visita foi realizada em dois dias. No primeiro dia, a visita foi na AGROPAM, em Dormentes, e contou com o apoio do técnico local, Carlos Renei. O grupo foi recebido pelo presidente Manoel Neto, que deu uma aula sobre o funcionamento da Agroindústria de Beneficiamento de Umbu, Projeto Ipa/Prorural que já existe há oito anos, além do Projeto da Agroindústria (AGROPAM) e parcerias realizadas, tomaram conhecimento sobre equipamentos, produtos processados do umbu(polpa, doce, geleia, licor) e comercialização.
No segundo dia, o grupo vivenciou a experiência da Associação de Mulheres da Baixa do Tatu em Petrolina, AGRODOCE, que através do Extensionista do Ipa Guilherme Vilela, tem apoiado ações e Projetos para beneficiamento do umbu, inclusive com a construção de unidade de beneficiamento dos frutos. A agroindústria que teve Projeto aprovado pela ADEPE, é comandada por mulheres (Paulina, Luzinete e Valdenice), que foram responsáveis pela recepção ao grupo e proporcionaram práticas de processamento do umbu (doce, geleia e licor).
Ações dessa natureza visam fortalecer o interesse e preservação do umbuzeiro, agregando valores aos produtos beneficiados, melhoria de renda, bem como incentivando o plantio e manejo sustentável do umbuzeiro. Ao final do intercâmbio, os participantes fizeram uma avaliação positiva e mostraram-se empolgados e agradecidos com o que vivenciaram.
Para a realização do evento, o grupo contou com o apoio do IPA Gere Arcoverde, através da gerente Fabiana Araújo e do supervisor Ivaldo Santos, apoio logístico do Vereador de Petrolina Ronaldo Silva e da ASBRAFRUTAS, através do Presidente Guilherme Coelho.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

Agricultores do Agreste começam a receber sementes do IPA, em Ibimirim

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco (SDA), deu início à distribuição de sementes do Programa Campo Novo no Agreste, no Agreste, no sábado (19). O presidente da instituição, Kaio Maniçoba comandou o evento de lançamento, que ocorreu às 10h, na Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) do IPA, em Ibimirim.

Para o Agreste, serão destinados 466.240 quilos de sementes de feijão, milho e sorgo forrageiro, beneficiando cerca de 77.700 agricultores familiares, de 74 municípios. Ibimirim receberá 6.040 quilos de sementes, beneficiando cerca de mil famílias. Ao todo, os 12 municípios ligados à Gerência Regional do IPA, em Arcoverde, receberão 89.360 quilos de sementes de feijão, milho e sorgo forrageiro, alcançado 14.900 agricultores familiares.

Além de Ibimirim, estão incluídos: Alagoinha (5000 kg), Pesqueira (6500 kg), Poção (6500 kg), Buíque (8500 kg), Pedra (11000 kg), Tupanatinga (8030 kg), Venturosa (6.570 kg), Arcoverde (5700 kg), Inajá (3990 kg), Manari (12700 kg), Sertânia (8830).

“Para 2022, adquirimos mais de R$ 13 milhões, o triplo do orçamento anterior. Um recorde, já que é o maior valor dos últimos 10 anos”, destaca o presidente do IPA, Kaio Maiçoba. Já foram entregues, na primeira etapa, 491.640 quilos de sementes de milho e sorgo forrageiro, alcançando 81.940 agricultores familiares do Sertão do Araripe, Pajeú, São Francisco, Itaparica, Central e Moxotó.

Criado em 2019, o Programa Campo Novo, do Governo de Pernambuco, tem como objetivo apoiar o desenvolvimento rural de Pernambuco, por meio do fortalecimento da agricultura e da elevação da qualidade e eficiência da produção agrícola e do combate à pobreza rural.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

Live Fala Agricultora aborda a Força da Mulher Agricultora

Nesta quinta-feira (24), teremos uma nova live: Fala Agricultora, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Será uma conversa muito rica com a Agricultora Sueli, da Comunidade Quilombola Chã de Negros, em Passira. Junto com ela, estará a extensionista Elizabete Menezes, elas falarão sobre A Força da Mulher Agricultora. O encontro será às 16h, no perfil @ipa.pe no Instagram.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

IPA orienta agricultores familiares na produção de mel, em Quixaba

O extensionista do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) do município de Quixaba, Antônio da Silva Carvalho, está orientando agricultores familiares durante um curso sobre apicultura. A preparação está sendo realizada com produtores rurais de Quixaba e Afogados da Ingazeira. O curso é realizado em parceria com IPA e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR).

A apicultura é uma atividade que consiste na extração de mel para produção geleia e própolis, entre outros produtos.  Para começar a criação de abelhas é necessário dispor de uma área verde para a instalação do apiário, de preferência na zona rural e com pelo menos 1500 m², uma vez que as abelhas se afastam da colmeia para buscar flores. Além disso, deve haver uma fonte de água a menos de 500 metros da colmeia.

O curso orienta reconhecer diferentes tipos de abelhas, em especial a abelha africanizada Apis mellifera, e apresentar aspectos da atividade apícola no Brasil. Bem como, listar os produtos das abelhas e suas principais características, composição e utilização.

As orientações também englobam como reconhecer os materiais necessários para a criação de abelhas e suas respectivas funções. Assim também como identificar as características adequadas do local para a instalação de um apiário. Outro destaque é como identificar as vantagens as formas de obtenção de enxames, suas vantagens e desvantagens. Indicar técnicas de manejo das colônias de abelhas no apiário também é parte integrante do curso.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

Agricultores de Carnaubeira da Penha recebem sementes do IPA nesta segunda (21)

Os agricultores de Carnaubeira da Penha recebem sementes de sorgo forrageiro e milho do Programa Campo Novo 2022, do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco (SDA), nesta segunda-feira (21), às 9h 30.

O evento conta com a presença do presidente do IPA, Kaio Maniçoba, e do secretário de Desenvolvimento Agrário, Claudiano Martins. Nessa localidade, serão 7200 quilos de sementes a fim de beneficiar 1200 agricultores familiares, com investimento de R$ 86.400,00. Na ocasião, também será realizada a reinauguração do escritório do IPA no município, onde ocorrem as entregas.

 “Para 2022, adquirimos mais de R$ 13 milhões, o triplo do orçamento anterior. Um recorde, já que é o maior valor dos últimos 10 anos”, destaca Kaio. Nessa primeira etapa, serão 491.640 quilos de sementes de milho e sorgo forrageiro, alcançando 81.940 agricultores familiares do Sertão do Araripe, Pajeú, São Francisco, Itaparica, Central e Moxotó. A próxima etapa vai contemplar os agricultores do Agreste.

Criado em 2019, o Programa Campo Novo, do Governo de Pernambuco, tem como objetivo apoiar o desenvolvimento rural de Pernambuco, por meio do fortalecimento da agricultura e da elevação da qualidade e eficiência da produção agrícola e do combate à pobreza rural. 

“O foco é a distribuição das sementes para os agricultores familiares exatamente no início da quadra chuvosa, permitindo o plantio durante esse período no Semiárido do Estado”, explica o secretário de Desenvolvimento Agrário, Claudiano Filho. As sementes distribuídas são selecionadas a fim de atender às necessidades dos agricultores e às condições de solo e clima de cada região de desenvolvimento.

Fonte: NUC

Leia Mais