IPA participa de reunião para discutir a implementação do Plano Safra Agreste

A reunião aconteceu na sede da Fetape, em Garanhuns

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) foi uma das instituições que participaram, nesta terça-feira (12), da reunião, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), com o objetivo de discutir a implementação do Plano Safra da Agricultura Familiar Agreste.

O evento, que aconteceu no auditório da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco (Fetape)/Garanhuns, contou com a participação de instituições estaduais e federais ligadas ao programa.

Marcaram presença na reunião, representantes da Universidade Federal do Agreste, da Gerência Regional do IPA Garanhuns, Banco do Nordeste, sindicatos rurais de agricultores familiares e de comunidades Quilombolas. O IPA/Garanhuns foi representado pelas supervisoras regionais Vicência Tenório e Nayra Oliveira.

Leia Mais

Extensionistas se preparam para garantir crédito rural para agricultores/as pernambucanos e a ampliação do Plano Safra no estado

Mais de 200 técnicos do IPA participaram do I Seminário estadual de Crédito Rural

Mais de 200 extensionistas das regionais do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) participaram, nesta quinta-feira (22), do I Seminário Estadual de Crédito Rural. O evento, organizado pelo instituto, tem o objetivo de intensificar, retomar ações do crédito rural aos produtores(as) pernambucanos e, ainda, traçar ações para a ampliação do Plano Safra no estado. A iniciativa conta com a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Banco do Nordeste (BNB), Banco do Brasil, Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e cooperativas de crédito.

Durante o evento foram abordados temas como a criação de comitês territoriais do Plano Safra da Agricultura Familiar e Economia Solidária, Crédito e Agroindústria e Projetos de Financiamento e Linhas de Crédito do Banco do Nordeste e Banco do Brasil. Os participantes também tiveram a oportunidade conhecer um “case de sucesso” do produtor, instrutor e consultor em charcutaria, Mauro Alencar, da Charcutaria Alencar, que produz embutidos e defumados.

O diretor presidente do IPA, Joaquim Neto, destacou a importância do seminário para a extensão rural. “Nos empenhamos em organizar essa proposta porque acreditamos que uma das peças mais importantes da extensão rural é o crédito rural, um mecanismo de incentivo necessário para pequeno, médio e grande produtor/a”, disse, acrescentando que o crédito orientado garante meios para ampliar e qualificar a produção, garantindo mais competitividade a Pernambuco.  

O superintendente do MDA em Pernambuco, Caetano De Carli, pontuou que os três estados do Sul do Brasil executam cerca de 70% de todo o recurso do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), enquanto a Região Nordeste, que tem 49% de todo a agricultura familiar, executa apenas 12%. “Tivemos aqui em Pernambuco um aumento de 78% dos contratos do Pronaf. Agora, temos o desafio, junto com o IPA, as agências de crédito e organizações governamentais e não-governamentais de ampliar o Pronaf A, destinado às áreas de assentamento, quilombolas e indígenas. O seminário é também voltado ao Plano Safra. Queremos fazer o maior da agricultura familiar da história de Pernambuco”, assegurou De Carli.

Para Hugo Queiroz, superintendente do Banco do Nordeste em Pernambuco, “é muito importante para a instituição se fazer presente nesse tipo de construção de uma empresa tão relevante para o desenvolvimento rural de Pernambuco”, disse. Segundo ele, no estado, em 2023, o BNB financiou mais de R$ 1.2 bilhão em crédito.

“É uma satisfação muito grande participar desse evento. Nós do Banco do Brasil, que temos o agro na nossa essência, e poder contribuir com o desenvolvimento de Pernambuco é muito bom”, afirmou superintendente estadual do Banco do Brasil/PE, Henrique Dantas, destacando que para o seminário o banco apresentou novas formas de conceder crédito, “apoiando os técnicos da assistência técnica e extensão rural para que possamos levar melhores condições para os nossos produtores”, definiu.

O secretário de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Cícero Moraes, destacou a necessidade dos técnicos do IPA e das instituições financeiras atuarem em sintonia para que as ações cheguem ao homem e à mulher do campo. “É importante que os gerentes do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste se juntem aos técnicos do IPA, indo ao campo, indo na ponta. Quanto maior a aproximação entre as gestões, quem ganha é o povo pernambucano, é o povo do campo”, observou o secretário.

Além das palestras temáticas, os extensionistas participaram de debates sobre os assuntos abordados no seminário.

Leia Mais

IPA avança no projeto de expansão do plantio do algodão agroecológico em Pernambuco

O assunto foi tema de uma reunião, nesta quarta-feira, com representes do Ministério do Desenvolvimento Agrário Agricultura Familiar (MDA) e Embrapa Algodão, na sede do instituto

Em reunião com representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA) e Embrapa Algodão, nesta quarta-feira (29), o diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, voltou a tratar da implementação do projeto para o plantio do algodão agroecológico no estado. O tema foi discutido com base na proposta que vem sendo trabalhada para expansão a produção de uma cultura importante para geração de renda das famílias agricultoras.

Além do projeto do algodão, também foi discutida a parceria do IPA com o ministério, a exemplo da liberação de uma verba de R$ 500 mil de custeio para assistência técnica de 250 famílias, que trabalham com projetos voltados para agroecologia. O trabalho será realizado nos municípios de Sertânia, na Região do Moxotó, e Itapetim, São José do Egito, Serra Talhada, Tuparetama e Custódia, no Sertão do Pajeú.

Marenilson Batista, diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Secretaria da Agricultura Familiar e Agroecologia do MDA, destacou a parceria com o IPA na execução das atividades realizadas pela empresa, a exemplo da liberação da verba de custeio.

“E estamos continuando nossa conversa com o IPA sobre o projeto do algodão agroecológico, para que possamos, juntamente com a Embrapa Algodão, o Ministério do Desenvolvimento Agrário, o Consórcio Nordeste (Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste), expandir mais áreas de produção do algodão agroecológico em Pernambuco”, frisou Marenilson.

O diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, lembrou que a empresa já assinou um convênio com a Embrapa, tanto na área de produção de sementes, como para a implantação dos campos de algodão agroecológico no estado.

“A partir de agora, vamos começar a tratar do plantio das estações de Araripina, Serra Talhada e de Caruaru para produção de sementes, e também, dos campos com os agricultores. Produzir algodão agroecológico não é uma atividade simples. É uma atividade que precisa de assistência técnica, de muito acompanhamento e é isso que o ministério, a Embrapa e o IPA vão fazer no estado de Pernambuco”, afirmou o gestor. Também participaram da reunião o coordenador do MDA em Pernambuco, Caetano De Carli, José Jaime Vasconcelos, da Embrapa Algodão, o diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas e o gerente de Assistência Técnica e Extensão Rural do instituto, Maviael Fonseca.

Leia Mais

IPA participa de reunião para da Formação do Programa Nacional de Crédito Fundiário

O encontro acontece no centro de treinamento do instituto, em Carpina

Técnicos de instituições públicas de extensão técnica e extensão rural e representantes de movimentos sociais estão reunidos no Centro de Treinamento do IPA, em Carpina, para discutir políticas públicas direcionadas a Formação do Programa Nacional do Crédito Fundiário. O programa foi criado para que trabalhadores e trabalhadoras rurais, sem terra ou com pouca terra, possam adquirir imóveis rurais para exploração em regime de economia familiar.

No encontro, os participantes estão conhecendo detalhes do programa que, em Pernambuco, tem o acompanhamento do Instituto de Terras e Reforma Agrária (Iterpe). Nesta terça-feira (28), primeiro dia de reunião, as informações foram repassadas pelo coordenador jurídico do Iterpe, Bartolomeu Vieira de Melo.

O supervisor de Extensão Rural do IPA, Maviel Fonseca, junto com uma equipe de extensionistas, representa o instituto no evento. “É uma grande oportunidade participar de uma experiência que reúne todo mundo com o mesmo propósito, que é de construir políticas públicas para o homem e a mulher do campo. E isso se faz com união em prol de quem precisa”, disse Maviel, destacando, ainda, a importância de ter o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) entre os participantes do processo.

Caetano De Carli, coordenador em Pernambuco do MDA, ressaltou o trabalho do ministério para dar à política nacional de crédito fundiário no estado um caráter mais popular e, que, por isso, estão trazendo de volta ao programa os movimentos sociais. “Também estamos trazendo outros parceiros, que são as instituições públicas de extensão rural. Temos o desafio estratégico de contar com a experiência do IPA, a empresa de Ater do estado, e que tem excelentes quadros”, observou De Carli.

 Ao falar para os participantes do encontro, Bartolomeu Vieira ressaltou que 2023 o Iterpe conseguiu, junto com as empresas de Aters e movimentos sociais, o marco histórico de 500 famílias estarem com propostas no banco ou já recebendo o financiamento. “É o maior volume de propostas contratadas dos últimos 15 anos”, afirmou Bartolomeu. Estão reunidos no Centro de Treinamento de Carpina representantes do IPA, MDA, Iterpe, MST, MLST e Fetape. O encontro termina nesta quarta-feira (29).

Leia Mais

IPA marca presença em encontro sobre fomento rural

O diretor-presidente do instituto, Joaquim Neto, e equipe de extensionistas representaram a direção do IPA

Com agenda em Brasília para reuniões de trabalho em órgãos federais, o diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, participou, nesta quinta-feira (9), do encontro “Desafios para a Inclusão Produtiva Rural”, promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sesan), com apoio do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

No evento, representantes do Governo Federal, dos estados e da sociedade civil foram convocados para um debate, que como foco compartilhar boas práticas e levantar questões relevantes para a vida das famílias atendidas pelo Programa Fomento Rural, executado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS).

De acordo com a organização, o principal objetivo do encontro é promover um diálogo junto as entidades estaduais que prestam a assistência técnica e extensão rural para as famílias do Programa Fomento. A abertura do evento contou a presença do ministro Wellington Dias e representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do IICA no Brasil.

Além do diretor-presidente, Joaquim Neto, o IPA foi representado pelo diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, o gerente de Assistência Técnica e Assistência Rural, Maviael Fonseca, e os extensionistas Flávia Guimarães e João Paulo Viana.

Na mesa de debates temas como: Abordagem agroecológica na inclusão produtiva rural; implantação de projetos produtivos coletivos e; atendimento a povos e comunidades tradicionais. O encerramento se dará a partir do tema: Perspectivas do Programa Fomento Rural, que deverá apontar importantes reflexões a respeito de avanços para o futuro do programa.

Criado em 2011, o Programa Fomento Rural compõe o conjunto de políticas públicas criado para superação da pobreza rural e melhoria da segurança alimentar e nutricional. Ele combina o acompanhamento social e produtivo às famílias de baixa renda que vivem no meio rural com a transferência direta de recursos financeiros não-reembolsáveis para que possam investir em projetos produtivos. Para isto, conta com a parceria dos governos estaduais, por meio das Empresas de Assistência Técnica e Extensão Rural e outras instituições por meio do MDA e Anater.

Os extensionistas rurais articulam as políticas sociais e as ações de desenvolvimento rural para atender às famílias beneficiárias, além de apoiar na elaboração de um projeto produtivo a ser financiado com os recursos do Programa Fomento Rural. Mais de 300 mil famílias já foram atendidas com o programa, sendo a maioria nas regiões Norte e Nordeste.

Com informações do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS)

Leia Mais

IPA marca presença do 10º Semiárido Show

Uma das maiores feiras que acontecem em nosso Estado, o Semiárido Show, organizado pela EMBRAPA, começou nesta terça-feira (01). A feira de inovação tecnológica voltada para a agricultura familiar do Semiárido brasileiro vai até a próxima sexta-feira (04) em Petrolina.

Com o tema “Ciência e Tecnologia Promovendo o Desenvolvimento”, o evento está com uma programação recheada de palestras e painéis, com foco na promoção de tecnologias que fortaleçam a agricultura familiar em todas as suas instâncias.

Além da presença do nosso presidente, Joaquim Neto, e de nossos diretores de pesquisa, Henrique Castelletti, de extensão rural, Francisco Dantas, e de Infraestrutura Hídrica, Pedro Nunes, o IPA está com um belo estande lotado de informações importantes sobre nossos serviços prestados ao agricultor familiar pernambucano, ressaltando também nossa trajetória de sucesso na promoção de inovações tecnológicas para a agricultura de nosso Pernambuco.

Na solenidade de abertura, que contou com a presença do Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, o nosso presidente ressaltou, em sua fala, a necessidade da garantia de assistência técnica e acesso a equipamentos ao pequeno produtor para que ele obtenha maior êxito em sua produção. Falou também como é necessário o apoio das entidades presentes, do governo federal, do MDA e do próprio IPA em todo esse processo. Também estiveram presentes a Diretora da Embrapa, Selma Beltrão, a diretora da Embrapa Semiárido, Maria Auxiliadora Coelho, o Deputado Federal Carlos Veras, o superintendente da Sudene, Danilo Cabral, o secretário de agricultura da Bahia, Wallison Torres, e o prefeito de Petrolina, Simão Durando.

Além da presença de nossa presidência, diretorias e do nosso estande, o IPA também se faz presente com demonstrações de campo de variedades de palma forrageira, milheto, sorgo e capim pangolão para alimentação animal, e em palestras e seminários ministrados por nossos pesquisadores e extensionistas.

Confira nossas participações:

PAINÉIS
Superação da pobreza – Assistência técnica e fomento para a promoção da segurança alimentar e nutricional e geração de renda (Claudia Baddini – MDS; Francisco Charles Bezerra Cabral de Lima – IPA; Gracielia Maria Diniz – Beneficiária; José Ademir Amaral Ligório – CETRA/PE; Rosimeire Marciel da Silva – Beneficiária)

PALESTRAS
Contribuições das instituições estaduais de ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento agrícola do Semiárido (Geraldo Majella Bezerra Lopes – IPA)

Plano de Ação Estadual (PAE) do ABC+ – Josimar Gurgel e Geraldo Majella Bezerra Lopes (IPA/Grupo Gestor Estadual em Pernambuco)

Plantas de elevada economia hídrica para o Semiárido: sorgo e milheto (José Nildo Tabosa – IPA)

Confira a programação completa, com todos os painéis e palestras no link: https://www.embrapa.br/documents/1355026/81055152/Programa%C3%A7%C3%A3o+Semi%C3%A1rido+Show+2023/7121223a-4811-61d4-2860-ebf24a09b38d 

Leia Mais

Governo Federal lança novo Plano Safra da Agricultura Familiar

Nesta quarta (28), o Governo Federal anunciou o Plano Safra da Agricultura Familiar 2023/2024. No encontro em Brasília, o Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, anunciou o programa que vai contar com investimentos que chegam a um total de R$77,7 bi. 

No evento que contou com a presença do Presidente Lula, outros ministros de Estado e representantes da sociedade civil e organizações de agricultores familiares, o chefe do MDA elencou as diversas ações previstas no plano, que englobam a concessão de crédito para produção, alíquotas de juros reduzidas,  investimento em ATER, incentivo a produção e orgânicos e agroecológicos, etc. 

Dentre as ações apresentadas, se destacam:

  • 77,7 bi em investimentos  
    • Pronaf: R$ 71,6 bilhões
    • Proagro Mais: R$ 1,9 bilhões
    • Garantia Safra: R$ 960 milhões
    • PGPM-bio: R$ 50 milhões
    • Assistência Técnica e Extensão Rural: R$ 200 milhões
    • Compras Públicas: R$ 3 bilhões / Programa de Aquisição de Alimentos (PAA/MDS), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE/FNDE) e PAA Compra Institucional
  • Redução da taxa de juros, de 5% para 4% ao ano, de empréstimos para quem produzir alimentos, como arroz, feijão, mandioca, tomate, leite, ovos, por exemplo
  • Juros 3% ao ano no custeio e 4% ao ano no investimento para Agricultores que optarem pela produção sustentável de alimentos orgânicos, produtos da sociobiodiversidade, bioeconomia ou agroecologia
  • Redução de 50% nas alíquotas do Proagro Mais para a produção de alimentos
  • Relançamento do Programa Mais Alimentos: programa para estimular a produção e a aquisição de máquinas e implementos agrícolas específicos para os manejos do pequeno produtor
  • Criação de faixa de acesso exclusiva para a juventude no Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF)
  • Criação de nova faixa no Pronaf Mulher com limite de financiamento de até R$25 mil, com taxa de juros de 4% ao ano
  • Inclusão de indígenas e quilombolas como público beneficiário do Pronaf A
  • R$ 20 milhões para ATER em agroecologia e convivência com o semiárido
  • R$ 30 milhões para estruturação da rede pública de assistência técnica e extensão rural; jornadas para acesso ao Pronaf Agroecologia no Nordeste

O IPA, junto ao Governo do Estado, vai seguir com seu trabalho e não medirá esforços para garantir o acesso do nosso pequeno produtor aos benefícios do programa.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/planalto/pt-br/acompanhe-o-planalto/noticias/2023/06/lula-retoma-plano-safra-da-agricultura-familiar-com-juros-baixos-para-a-producao-de-alimentos

Leia Mais

Aconteceu na Semana – 09 a 16 de junho

09 de junho

Presidente Joaquim Neto e Diretor de Extensão Francisco Dantas se reúnem com equipe do IPA Gravatá.

09 de junho

IPA e Secretaria do Turismo se reúnem

No último dia 09, reuniram-se equipe do IPA e da Secretaria Estadual de Turismo para discutir possíveis caminhos a serem trilhados juntos pelas duas instituições. Na reunião, o pesquisador Marcelo Bione apresentou aos presentes o projeto Arboriza Pernambuco, com a intenção de desenvolvê-lo em parceria com a Setur.

12 de junho

IPA esteve presente na posse dos novos Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado Eduardo Porto e Rodrigo Novaes.

No evento, que também contou com a presença da Governadora Raquel Lyra, a instituição foi representada pelo nosso Presidente Joaquim Neto.

12 de junho

O IPA recebeu a visita de alunos do curso de Farmácia da Faculdade dos Palmares.

Nesta segunda-feira (12), graduandos do curso de Farmácia da Faculdade dos Palmares visitaram o Laboratório de Botânica/Herbário Dr. Dárdano de Andrade no IPA. Os alunos participaram de atividades com Dra. Rita de Cássia A. Pereira, curadora do Herbário do IPA, e com o pesquisador Dr. Fernando Galindo.

12 de junho

IPA recebe presidente regional do MST

No último dia 12, o presidente Joaquim Neto recebeu Jaime Amorim, presidente do MST em Pernambuco. A pauta do encontro foi viabilizar a produção de arroz orgânico no Estado.

12 de junho

Governo de Pernambuco se reúne com Banco Mundial

IPA se uniu à equipe do Governo de Pernambuco e representante do banco para estudo do projeto que tem como proposta principal impulsionar toda a cadeia de produção agroecológica do Estado, com enfoque no fortalecimento dos pequenos produtores.

O próximo encontro, que deverá acontecer em julho, dessa vez com uma equipe com múltiplas especialidades do Banco, será para a elaboração final de uma Nota Técnica.

Participaram da reunião a Secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade Ana Luíza Ferreira, o secretário de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca Aluisio Ferraz, o presidente do IPA Joaquim Neto, o diretor Geral do ProRural Mychel Ferraz e os assessores da SEMAS Karla Godoy, Walber Santana, Sérgio Mendonça, Ana Célia e Febe de Oliveira, e Auxiliadora Vasconcelos da DAS.

13 de junho

IPA recebe o Circuito de Feiras do Microempreendedor Individual

Na última terça-feira (13), o IPA recebeu uma feira de temática junina como parte das comemorações de São João da instituição. A feira contou com mais de 15 barracas, cada uma comandada por um microempreendedor, que trouxeram comidas típicas, roupas e acessórios ligados à celebração das festas juninas.

A feira durou até quinta-feira (15).

13 de junho

Presidente do IPA recebeu o vereador de Petrolina Ronaldo Silva. Juntos discutiram demandas do nosso Sertão.

13 de junho

IPA atento às demandas do Agreste

O presidente Joaquim Neto se reuniu com os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe Nailson e Capilé da Palestina, e com o assessor de comunicação Gilberto Silva.

13 de junho

IPA se reúne com MDA

Na última terça-feira (13), a equipe do IPA se reuniu com a equipe do Ministério de Desenvolvimento e Assistência Social e empresas de Ater de todo o país. A reunião teve foco na troca de experiências entre as instituições.

14 de junho

Presidente Joaquim Neto participa de entrevista na Rádio Jornal

Na quarta-feira (14), o Presidente Joaquim Neto participou do ‘Passando a Limpo’ da Rádio Jornal. No programa, ele esclareceu dúvidas dos jornalistas sobre a instituição e apontou caminhos futuros da empresa.

Ouça: https://site.ipa.br/midia/presidente-joaquim-neto-participa-de-entrevista-na-radio-jornal/

14 de junho

Equipe do IPA se reúne com prefeito de Vicência

No último dia 14, o presidente do IPA Joaquim Neto se reuniu com o prefeito de Vicência Guiga Nunes, com os vereadores João Ilídio e Fábio Dias, e com o assessor Carlos Sousa para analisar potencialidades do município. Piscicultura, tubérculos e apicultura foram algumas das pautas principais.

14 de junho

Climatologista Francis Lacerda, do laboratório de mudanças climáticas do IPA, dá entrevista a programa de rádio da EBC.

Nesta quarta-feira (14), a climatologista Francis Lacerda falou no programa Viva Maria, explicando o fenômeno “El Niño” e esclarecendo dúvidas sobre as previsões para este ano. Francis também lamentou que o Brasil ainda não está preparado para enfrentar o fenômeno.
Ouça: https://radios.ebc.com.br/viva-maria/2023/06/el-nino-mal-chegou-e-ja-se-antecipa-ao-inverno-com-temperaturas-extremas

15 de junho

Presidente visita Escola Educador Paulo Freire

Na quinta-feira (15), o presidente Joaquim Neto visitou a Escola Educador Paulo Freire e deu continuidade à implementação do programa de jovem aprendiz. Durante o encontro, ele ressaltou aos estudantes a importância de um programa como este para o desenvolvimento profissional e acadêmico dos jovens.

15 de junho

IPA realiza em Floresta palestra em continuidade às atividades alusivas à Semana do Meio Ambiente

Na última quinta-feira (15), em Floresta, Sertão de Itaparica, a convite do Educandário Pequeno Aprendiz, palestra com o tema: MEIO AMBIENTE, CONHECER PARA PRESERVAR, na qual participaram professores e 69 alunos.

No evento, conduzido pelo Extensionista Tito Antônio Ferraz Jota, foram abordados temas como, por exemplo, os fatores e ações que promovem o desequilíbrio ambiental, bem como tecnologias e ações que podem recuperar e diminuir os efeitos nocivos das atividades humanas, com ênfase nas atividades agropecuárias.

15 de junho

Extensionistas do IPA participaram da reunião ordinária do Conselho Distrital de Fernando de Noronha

No dia 15 de junho, foi realizada em ordem do dia uma sessão ordinária para apresentação do Diagnóstico Socioeconômico e Produtivo, fase inicial do Programa AgroNoronha.

Os conselheiros distritais esclareceram dúvidas sobre cronograma de visitas às comunidades, parceiros envolvidos e planejamento de ações posteriores.

15 de junho

Nesta quinta-feira (15), o IPA esteve presente na reunião da CAISAN, a Câmara Setorial de Segurança Alimentar e Nutricional, representado pelo nosso presidente Joaquim Neto.

O Instituto se uniu a todos os órgãos estaduais e instituições ligadas à agropecuária, saúde, assistência social e mulheres para se aprofundar nas políticas/programas adotados pelo Governo Federal no combate à insegurança alimentar no país.

16 de junho

Café da manhã junino alegra manhã do IPA

Nesta sexta (16), no pátio da sede do IPA aconteceu o Café da Manha Junino. O evento contou com a presença de todos os setores locados na nossa Sede.

Leia Mais