IPA promove eventos para marcar o encerramento de 2023

Três eventos irão estão programados para acontecer nesta sexta-feira (15), na sede do IPA. Será um dia especial para os funcionários, prestadores, terceirizados e colaboradores do instituto. O pessoal do Departamento de Gestão de Pessoas, Extensão Rural e da Pesquisa, como acontece todos anos no período natalino, organizou, cada um na sua área, eventos que irão marcar o encerramento de 2023.

Feira de Orgânicos do IPA

Logo nas primeiras horas da manhã, das 6h30 às 8h30, irá acontecer a Feira de Orgânicos do IPA. Da programação, além da venda dos produtos, consta um café da manhã compartilhado, sorteios, visita guiada à horta/SAF, doação solidária de alimentos, entre outras atividades. O Papai Noel Solidário e Bonequinho Sertãozinho também estarão presentes. O evento conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca e do Gema. A feira está na sua terceira edição.

Feira do Desapego

A Feira do Desapego – Desapega que a Vida Flui – será outro momento de encontro entre os funcionários. No período de 29 de novembro a 7 de dezembro, foram recolhidos roupas, sapatos, bolsas e acessórios, em bom estado para troca ou doação. Agora, chegou o momento da troca e do desapego. O horário da feira será das 8h às 12h30, na Sala Qualidade de Vida. O material que sobrar será doado.

Missa de Natal

Às 9h, será celebrada pelo padre Jonathan Loureiro, salesiano, pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e San Martin, localizada em San Martin, a Missa de Natal, reconhecendo o Senhor Vivo e presente na nossa vida e história. Vamos participar desse momento de fé e congraçamento do espírito natalino. A missa será celebrada no auditório do IPA.

Leia Mais

IPA está entre as 500 melhores empresas de agro do país e a quinta na categoria serviços agropecuários

A iniciativa da escolha dos “Melhores do Agronegócio” da Revista Globo Rural que, este ano, promoveu a 19ª edição do prêmio

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) está entre as 500 maiores empresas de agro do país, sendo a quinta classificada na categoria de serviços agropecuários.  A iniciativa de premiar as instituições que se destacaram no setor durante o ano é da Revista Globo Rural que, em 2023, realizou a 19ª edição do “Melhores do Agronegócio” TOP 10. O anúncio dos vencedores aconteceu São Paulo, com a presença dos dirigentes das empresas vencedoras e das instituições que trabalham com pesquisa e extensão rural.

O diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, compareceu ao evento, representando do instituto que, este ano, completou 88 anos. Fundado em 1935, o IPA inaugurou sua primeira sede no dia 7 de setembro, no bairro de Dois Irmãos, no Recife. Mas, com o passar do tempo, o trabalho foi interiorizado com a consolidação das 12 estações experimentais nos municípios de Petrolina, Araripina, Belém do São Francisco, Serra Talhada, Sertânia, Ibimirim, Arcoverde, São Bento do Una, Caruaru, Brejão, Vitória de Santo Antão, Itapirema e Itambé.

A história do IPA vai se desenhando ao longo dos anos. Com atividades e novas tecnologias, sua diretoria, pesquisadores, extensionistas e técnicos estão sempre focados na busca das melhores condições de trabalho para o agricultor/a familiar, produtores rurais, pecuaristas e para todos os pernambucanos, que recebem em suas mesas alimentos saudáveis e de qualidade.

Na atual gestão, o IPA iniciou as suas atividades recuperando o crédito junto à União, voltando a poder se candidatar a qualquer projeto junto as entidades governamentais e não-governamentais. Para chegar mais próximo dos funcionários e do seu público alvo, que é o homem e a mulher do campo, as diretorias de pesquisa, a extensão rural e recursos hídricos iniciaram processos de integração as equipes em todo o Estado.

A extensão rural promoveu encontros de integração, de avaliação e planejamento envolvendo todas as suas equipes da sede, das gerências regionais e dos escritórios locais. Além disso, atividades estão sendo realizadas para dar apoio aos agricultores/as, a exemplo do mutirão emissão do Cadastro do Agricultor Familiar (CAF), documento essencial para os trabalhadores rurais terem acesso a ações dos governos federal e estadual direcionados à agricultura familiar.

Leia Mais

Mostra Multicultural de Saberes e Sabores da Agroecologia leva diversão, cultura e conhecimento para Glória do Goitá

O diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, representou o instituto no evento

Realizada no município de Glória do Goitá, a 1ª Mostra Multicultural de Saberes e Sabores da Agroecologia, promoveu na cidade um momento especial de diversão, apresentações culturais e conhecimento sobre alimentação saudável e de qualidade. O diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, representou a equipe do instituto no evento.

A 1ª Mostra de Multicultural de Saberes e Sabores da Agroecologia aconteceu no último sábado (25), com realização da SERTA (Serviço de Tecnologia Alternativa). Durante a programação, foram tratados temas importantes para o mundo agroecológico: Empreendedorismo juvenil, Educação financeira, Agroecologia, Projeto de Vida e Negócios Econômicos do Campo e da Cidade.

Leia Mais

Extensionista do IPA participa de Conferência no 12º Congresso Brasileiro de Agroecologia

Iran Neves Ordônio falou sobre o tema Semear o Bem Viver

O extensionista Iran Neves Ordônio, indígena Xukuru de Pesqueira, participou, nesta quarta-feira (22), da Conferência – Semear o Bem Viver, no Rio de Janeiro. Iran fez sua palestra junto com o Pai Ricardo, da Casa de Caridade Pai Jacob do Oriente (MG), e Liliana Buitrago Arévalo, do Pacto Ecosocial e Intercultural del Sur (Venezuela). Eles falaram sobre o objetivo da conferência, que é de partilhar processos semeadores concretos que geram comida e mecanismos que operam no invisível, nutrindo outras relações.

Na contramão dos processos que impõe monoculturas, a agroecologia joga luz no contraditório e mostra que outra forma de convivência harmônica é possível. Em sua perspectiva ampla, dialógica e convergente, essa conferência traz para o centro do debate a agroecologia enquanto uma trama de práticas e pesquisas conectadas a diferentes cosmologias.

A defesa dos territórios, o sagrado, a cultura, a arte e a comunicação despontam aqui como expressões fundamentais do alimento da alma, em suas capacidades de (re)construir conhecimentos, enfrentar preconceitos e falsas narrativas.

Vale destacar que a agroecologia se articula com as construções políticas, estéticas, as produções de cura e as soluções comunicacionais populares em suas diferentes formas culturais, e como elas produzem conhecimentos e transformam vidas e territórios na direção do Bem Viver.

Créditos das imagens – Isis Medeiros – 12° CBA

Leia Mais

Extensionistas do IPA participam, no Rio de Janeiro, do 12° Congresso Brasileiro de Agroecologia

A equipe irá apresentar seis trabalhos voltados para temáticas da agroecologia

Cinco extensionistas do IPA estão no Rio de Janeiro com a missão de representar o instituto no 12° Congresso Brasileiro de Agroecologia, que tem como lema “Agroecologia na Boca do Povo”. O evento começou na segunda-feira (20) e segue até a próxima quinta-feira (23). No encontro, a equipe do IPA irá apresentar seis trabalhos, todos voltados para as várias temáticas da agroecologia.

Os trabalhos dos extensionistas estão distribuídos nos seguintes eixos temáticos: Manejos de Agroecossistemas; Construção do Conhecimento; Políticas Públicas e Agroecologia; Educação e Agroecologia e Biodiversidade e Conhecimentos dos/as agricultores/as, povos e comunidades tradicionais.

Participam do congresso representantes de comunidades indígenas e outros povos tradicionais, trabalhadores, estudantes, pesquisadores, militantes, gestores e representantes da sociedade civil. De acordo com os organizadores, o objetivo do encontro é estabelecer um diálogo sobre a relevância da agroecologia para promoção da saúde, enfrentamento da fome e como reposta aos desafios das mudanças climáticas.

“A troca de conhecimentos e intercâmbio com outras empresas de extensão rural fortalecem as ações do instituto cujo objetivo é trilhar os caminhos do desenvolvimento sustentável com projeto voltados para agroecologia. Esse é o caminho do futuro”, destacou o diretor-presidente do IPA, Joaquim Neto, ao comentar sobre a participação dos extensionistas no evento.

O congresso conta com mais de 3.600 inscritos. Estão programadas diferentes atividades, entre elas a Feira Nacional de Saberes e Sabores da Agroecologia e Economia Solidária, que conta com a participação de cerca de 300 agricultoras/es, povos indígenas, quilombolas e demais povos e comunidades tradicionais.

Abaixo os trabalhos elaborados pelos extensionistas

Processo de implantação de um sistema agroflorestal, em espaço institucional na área urbana de Recife – PE

Autores: Ana Paula, Francisco Dantas, Luciano Pereira

Agricultura encantada tradicional do Povo Pankararu: “Experiências de Ater na Aldeia Taboa no Sítio Brejinho da Serra em Petrolândia – PE”.

 Autores: Francisco Filho, Ana Paula, Henagio José, Gildo Santana

Assistência Técnica e Extensão Rural Agroecológica: uma alternativa essencial à agricultura familiar.

Autores: Gildo Ribeiro, Henágio José, Ana Paula, Francisco Filho

Conhecimento agroecológico e saberes-fazeres dos agricultores familiares do brejo de exposição em Brejo da Madre de Deus-PE.

 Autores: Henágio Silva, Ana Paula Gildo Ribeiro, Francisco Filho

Os desafios da construção do conhecimento agroecológico em uma empresa pública de extensão rural em Pernambuco: a experiência do GEMA.

Autores: Mônica Nunes, Silvana Lemos, Nyedja Mary, Gustavo Jonnas, Milze Luz, Cátia Lira

Práticas agroecológicas na Associação Noronha Terra de Desenvolvimento Agroecológico, na ilha de Fernando de Noronha – Pernambuco

Autores: Diana Andrade, Ana Paula

Leia Mais

Alunos do curso de bacharelado em Agroecologia da UFRPE participam, no IPA, de roda de diálogo sobre o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

Alunos dos 6º e 8º períodos do curso de bacharelado em Agroecologia, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) participaram, nesta sexta-feira (10), de uma roda de diálogo, na sede do IPA. Na pauta, a apresentação e reflexão do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), executado pelo IPA, com recursos do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome.

A roda de diálogo contou com a participação do extensionista e supervisor do PAA, no IPA, Isaque Albuquerque e de Silvana Trindade Low, nutricionista do IPA. Os estudantes também tiveram a oportunidade de conhecer o artigo intitulado: “Extensão Rural, Políticas Públicas e Segurança Alimentar: um estudo da percepção dos beneficiários do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), no Estado de Pernambuco”.

O estudo está publicado no livro “Desenvolvimento Rural Sustentável e Agropecuário de Pernambuco, no capitulo 8, que é encontrado no site do IPA. O trabalho foi apresentado aos estudantes pelas extensionistas e integrantes do Grupo de Estudo, Sistematização e Metodologia em Agroecologia (GEMA) do IPA, Milze Luz e Cátia Lira.

De acordo Milze Luz, o PAA é um importante programa para a agricultura familiar, “através do acesso ao mercado, promovendo inclusão social e ampliando a renda das famílias”, destacou Milze.

Para Cátia Lira, o PAA traz satisfação dos/as extensionistas “que o executam, que observam melhoria na alimentação da população em situação de insegurança alimentar e nutricional atendidas pelas instituições de assistência social, que recebem os alimentos do programa”, observou Cátia. Os alunos do curso de Agroecologia foram acompanhados pelo professor Luciano Pires de Andrade, da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco. “Essa visita é um momento importante para que os discentes compreendam como funcionam os mecanismos de acesso ao PAA, os desafios e potencialidades”, destacou o professor ao falar sobre o aprendizado adquirido pelos estudantes na roda de diálogo com os extensionistas do IPA.

Leia Mais

Aconteceu na semana – 05 a 11 de agosto

05 de agosto  – Extensão Rural do IPA inicia cadastramento para o Programa Garantia Safra 2023/2024 em Serra Talhada

A Comissão formada pelo IPA e pela prefeitura municipal reuniu-se em Serra Talhada para avaliar progressos e superar os desafios iniciais. Já foram contabilizadas 124 associações que apresentaram suas atas, e a previsão é realizar a inscrição de 2700 famílias no programa.

07 de agosto

Na segunda-feira (07), recebemos os Gerentes e Supervisores das 12 Gerências Regionais para planejamento do evento de comemoração dos 88 anos do IPA, que acontecerá no mês que vem.

A comissão de organização ouviu as sugestões e dúvidas da nossa equipe do interior, foi um produtivo dia de construção conjunta para este momento tão especial para o Instituto Agronômico de Pernambuco. Representantes das regionais apresentaram os produtos locais produzidos por agricultores familiares. Houve degustação e muitas surpresas pelo tipo de produto apresentado, todos de excelente qualidade.

07 de agosto – IPA recebe a 21ª reunião da Câmara Temática da Agricultura Familiar do Consórcio Nordeste

Na segunda-feira (07), os estados do Nordeste se uniram em um encontro para debater os editais do Programa de Aquisição de Alimentos Saudáveis (PAS/NE) do Banco Mundial/MDA e o projeto Sertão Vivo com Recursos do BNDES/FIDA.

Durante a manhã, a 21ª reunião da Câmara aconteceu na sede do IPA, e contou com a participação de representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e gestores estaduais com o objetivo de discutir diversas pautas e alinhar ações a serem apresentadas ao BNDES..

Na parte da tarde, os representantes do Consórcio Nordeste reuniram-se com dirigentes do BNDES de Recife e Brasília. Representando Pernambuco, além do nosso presidente Joaquim Neto, estiveram presentes o secretário de Agricultura Familiar, Bruno França, o assessor especial da governadora Luís Sales e a assessora Marion Lemenha.

08 de agosto

Na terça-feira (08), o IPA, representado por nossos extensionistas, do setor de pesca e aquicultura, e pelo presidente Joaquim Neto, esteve presente em encontro no gabinete da vice-governadora Priscila Krause, juntamente com o secretário de Agricultura Familiar, Bruno França, e um grupo de pescadoras artesanais de Pernambuco.

Nesse encontro, as pescadoras trouxeram consigo uma pauta de reivindicações que não somente destaca as necessidades imediatas da categoria, mas também mostra a visão coletiva dessas mulheres como precursoras em sua profissão. O IPA tem diversas ações desenvolvidas junto as mulheres de Pernambuco no setor.

08 e 09 de agosto – Chega ao fim o primeiro ciclo de Encontros de Integração e Saberes da Extensão Rural

Nos dias 09 e 10 de agosto, encerramos o primeiro ciclo de Encontros da nossa ATER no Cetreino, em Carpina. Desta vez, participaram do encontro os extensionistas das GEREs Garanhuns, Caruaru e Lajedo.

09 a 13 de agosto

O IPA esteve presente na 18ª edição da EXPOGRANITO, realizada no município de Granito entre os dias 09 e 13 de agosto.

A feira, que é uma das maiores do Araripe, contou com espaço para exposição e venda de animais, além de uma programação lotada de informações para o produtor local.

10 de agosto

Reunião com o presidente do SINDAÇÚCAR, Renato Cunha, e equipe. Na pauta, as pesquisas do Instituto, em especial as iniciativas voltadas à sustentabilidade e baixo carbono.

10 de agosto

Reunião com Ana Padilha, Gerente da GRE Mata Centro. Foi firmada uma parceria que vai promover ações de horticultura para os alunos da rede estadual com aulas no campo junto aos pesquisadores e extensionistas do IPA. Os estudantes vão aprender a criar e cuidar de hortas, em contrapartida, a temática será debatida em sala de aula e os participantes terão a oportunidade de consumir os alimentos que irão produzir na própria escola.

10 de agosto – Assistência Técnica do IPA inicia trabalho em horta do Instituto Shopping Guararapes

Nosso extensionista Luciano Pereira, e a Ana Paula, extensionista, Gerente do Departamento de Educação e Metodologia de Extensão Rural do IPA, visitaram o Instituto Shopping Guararapes para conduzir curso com as mães e avós dos alunos assistidos pelo Instituto que participam da construção da horta do local. Luciano ensinou todo o processo de plantio de hortaliças e também a importância de manter uma alimentação orgânica, livre de venenos.

Ao final da aula, as mulheres deram o pontapé inicial na horta, plantando as primeiras mudas e sementes.

O IPA acompanhará periodicamente a horta, além de manter cursos de formação para as participantes do projeto.

10 de agosto – IPA recebe visita de turma do curso de Agroecologia da UFRPE

Os estudantes do curso de Agroecologia, Campesinato e Educação Popular da UFRPE visitaram o IPA na última quinta-feira (10). Trazidos pela professora Horasa Andrade, os alunos foram recebidos por Mônica Nunes, supervisora do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (DEAT), e Ana Paula, gerente do Departamento de Educação e Metodologia de Extensão Rural (DEEM).

A principal razão da visita foi conhecer a rica experiência do IPA na área de agroecologia na horta orgânica do instituto, onde são produzidas diversas cultivares.

11 de agosto

Na última sexta-feira, realizamos em nossa sede um bingo de Dia dos Pais e um café da manhã especial. teve diversos brindes, entre eles uma bicicleta, ventilador, caixa de ferramentas e barbeadores

Leia Mais

IPA recebe visita de turma do curso de Agroecologia da UFRPE

Os estudantes do curso de Agroecologia, Campesinato e Educação Popular da UFRPE visitaram o IPA na última quinta-feira(10). O grupo organizado pela professora Horasa Andrade foi recebido representantes do GEMA (Grupo de Estudo, Sistematização e Metodologia em Agroecologia), Mônica Nunes, supervisora do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (DEAT), e Ana Paula, gerente do Departamento de Educação e Metodologia de Extensão Rural (DEEM). O objetivo foi conhecer a estrutura do IPA e o trabalho de extensão rural desenvolvido pela instituição. 

No primeiro momento, os alunos assistiram a uma apresentação de Mônica Nunes, que mostrou as atividades e políticas públicas de ATER que englobam ao mesmo tempo as áreas da pesca, extensão rural e agroecologia. Em seguida, a extensionista Ana Paula apresentou algumas ações  de ATER desenvolvidas pelo IPA, como o projeto Dom Helder, Distribuição de Sementes e o programa Horta em Todo Canto.

A professora da UFRPE ressaltou a importância dos seus alunos conhecerem o trabalho de uma instituição do tamanho do IPA. “Esses estudantes vão ter que lidar com os territórios, com as comunidades, que é onde são desenvolvidos esses programas… mas é importante ver na prática, né? Como é que acontece. Então por isso que trouxe eles para conhecerem o IPA, alguns deles não são do nosso Estado e não conheciam essa empresa que tem uma capilaridade tão grande.”, afirmou Horasa.

A visita foi encerrada com uma experiência prática no SAF (Sistema Agroflorestal) da sede do IPA, onde aprenderam com o extensionista Luciano Pereira algumas técnicas de plantio de plantas medicinais. 

Leia Mais

PE Agroecológico: Governo de Pernambuco desenvolve projeto junto ao Banco Mundial

Iniciou-se nesta segunda-feira (24) uma semana de trabalho árduo com a apresentação e definição dos detalhes de implementação do projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Pernambuco Agroecológico.

O PE Agroecológico é um programa que vem sendo elaborado pelo Governo do Estado, numa articulação com as Secretarias de Agricultura, Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA e Secretarias de Meio Ambiente e Planejamento. São ações voltadas para iniciativas de combate à fome e à pobreza rural, através da agroecologia, com recursos do Banco Mundial. 

Em reuniões que acontecerão durante toda esta semana, serão discutidas propostas no âmbito da produção de alimentos, desenvolvimento social, sustentabilidade ambiental para utilização dos recursos, planos de proteção e recuperação ambiental, modernização do ATER, melhoramento de nossa resiliência climática, etc.

As reuniões serão compostas por Leonardo Bichara Rocha, economista agrícola e representante do Banco Mundial, Aloísio Ferraz (SDA), presidente Joaquim Neto, Ana Luiza Ferreira (SEMAS) e Mychel Ferraz (ProRural) e suas equipes formadas por profissionais multidisciplinares para o alinhamento e definição de diretrizes de um projeto tão importante para o nosso estado.

É o Governo de Pernambuco trabalhando junto a uma das maiores instituições do mundo na construção de um futuro promissor para nossa agricultura, alinhada ao que há de mais moderno na área da agroecologia e do desenvolvimento sustentável.

Leia Mais

Extensionista do IPA torna-se doutor em agroecologia, outros cinco, concluem doutorado nos próximos anos

O extensionista Ivo Thadeu Lira Mendonça apresentou nessa terça-feira (13), a tese de doutorado, com defesa do tema: Economia Solidária em Condomínios Produtivos Aquícolas: Um caminho mais sustentável frente aos desafios enfrentados por atingidos por barragens. Ivo é primeiro aluno a defender a tese, e concluir o curso de doutorado em Agroecologia na UFRPE, Universidade Federal Rural Rural de Pernambuco. Na UNIVASF, Universidade do Vale do São Francisco, já foram realizadas três defesas. Atualmente o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), conta com mais cinco extensionistas cursando o mesmo doutorado.

Ivo, assim como outros doutorandos do IPA fazem parte do Grupo de Estudo, Sistematização e Metodologia em Agroecologia – GEMA, criado com o objetivo discutir a agroecologia, atuando por uma produção de alimentos sem agrotóxicos, nutritivos e que proporcionem segurança alimentar, pelo resgate dos saberes tradicionais, pela igualdade de gênero, pela conservação e preservação dos recursos genéticos animais e vegetais, a exemplo das sementes crioulas, abelhas nativas e das plantas medicinais.

O intuito é fortalecer esse grupo e consequentemente desenvolver com mais força as ações da extensão rural do IPA voltadas para agroecologia. A defesa da tese de Ivo Mendonça ressalta a pesquisa surge da necessidade de compreensão da organização econômica, social, cultural e ambiental em torno da atividade de piscicultura nos lagos do Rio São Francisco em Pernambuco, situados na Região Semiárida. A piscicultura local está relacionada à expansão produtiva e econômica que a atividade obteve na última década, a qual reflete no PIB dos municípios que tiveram áreas submersas por alagamentos causados por grandes obras e demais intervenções impactantes incitadas pelo Estado.

A investigação acadêmica do doutor Ivo procurou analisar a piscicultura com vistas às relações nutridas dentre os meios social e ambiental, uma vez ser a ação conduzida por piscicultores organizados de forma solidária e inseridos nas políticas da agricultura familiar. Para tal, foram aplicados questionários sistemáticos fechados aos sujeitos atingidos por barragem com base em questões de economia, sociedade, cultura e ambiente.

Também foram realizadas entrevistas semiestruturadas acerca da percepção dos sujeitos sobre seu cotidiano, bem como foram acompanhadas as manifestações sociais e econômicas, que contribuíram com a construção do arranjo produtivo da piscicultura.

Leia Mais
  • 1
  • 2