Extensionista do IPA participa do marco inicial do georreferenciamento do assentamento Gurjaú, em Cortês

A extensionista do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Joana Darc do escritório de Cortês, acompanhou junto com a equipe do INCRA o marco inicial do georreferenciamento do assentamento Gurjaú, na zona rural.  Participaram da visita também as equipes da Secretaria de Agricultura do município juntamente com os vereadores José Antônio e Letícia Borba.

O Georreferenciamento é um instrumento adotado pelo INCRA como uma forma de padronizar a identificação de imóvel. Ele é feito por meio de um processo de reconhecimento das coordenadas geográficas do local, a partir da utilização de mapas ou imagens. No Gurjaú, a ação acontece após 30 anos de espera dos assentados da localidade.

Esse trabalho está sendo realizado devido acordo de cooperação técnica da Prefeitura de Cortês com o INCRA. Ao todo são 36 lotes acompanhados para o processo de titulação e mais de 40 famílias que estão buscando a regularização.

Após o processo de georreferenciamento, tem início a metodologia de outros documentos, que garantem às famílias assentadas a posse da terra e, dessa forma, evita que se perca o direito de permanência na terra e as políticas conquistadas.

Leia Mais

Instituições beneficentes de Lagoa Grande são beneficiadas com alimentos do PAB

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Gerência Regional de Petrolina, através de seu escritório de Lagoa Grande, vem executando o Programa Alimenta Brasil (PAB), que tem como objetivos, incentivar a produção local de produtos agropecuários da agricultura familiar.

O PAB garante uma renda mínima aos agricultores familiares, através da compra desses produtos e destinando a rede de assistência municipal, no intuito de ajudar as famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional, a terem acesso à alimentação saudável de qualidade.

Atualmente, são cadastrados 20 agricultores familiares que, semanalmente, destinam esses produtos, a três entidades sociais, que são, Hospital Municipal José Henrique Lima, Cozinha Comunitária e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Atendendo assim, mais de 700 famílias, através dessas Entidades, entre crianças, adultos e idosos.

São realizadas mais de 1.100 refeições semanalmente. A execução do PAB teve início em abril de 2022, e já foram distribuídos mais de 11.700 kg de produtos da agricultura familiar, entre eles carnes de caprino e ovino, coentro, cebolinha, uva, melancia, raiz de mandioca, abóbora, banana pacovan, alface, rúcula, mamão, entre outros.

Leia Mais

IPA comemora 87 anos de atividades do órgão com realização de evento na sede (Veja galeria de fotos)

Na manhã desta terça-feira (13), o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), realizou um grande evento para comemorar os 87 anos de atividade do órgão.  O presidente do IPA, Bartolomeu Monteiro, comandou a solenidade comemorativa. O evento foi transmitido, simultaneamente, pelo YouTube (youtube/ipapernambuco) e Facebook.

Marcaram presença o secretário Estadual de Desenvolvimento Agrário, Cláudio Asfora, o presidente do Iterpe, Henrique Queiroz e a diretora de Pesquisa Danusa Rodrigues, o diretor de Extensão Rural Bruno Santos, diretor de Estrutura Hídrica Rômulo Gomes e o diretor de administração e finanças, Welliton Lins, que fizeram parte da composição da mesa.  

Presente em 184 municípios, o Instituto Agronômico investe pesado no fortalecimento da agricultura familiar. “A comprovação está nos resultados das ações nas áreas de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), Pesquisa e Infraestrutura Hídrica, fundamentais para o desenvolvimento rural, por meio da geração de renda e da elevação da qualidade de vida do agricultor familiar”, destaca Bartolomeu.

O IPA foi criado em 1935 sob a denominação de Instituto de Pesquisas Agronômicas, órgão da administração direta do Estado de Pernambuco, com sede e laboratórios na cidade do Recife. Em 1960, foi transformado em autarquia, permanecendo com a mesma denominação, expandindo suas atividades para o interior por meio de uma rede de estações experimentais que lhe foi incorporada.

Em 1975, segundo a Lei 6959, foi novamente transformado, recebendo a denominação de Empresa Pernambucana de Pesquisa Agropecuária, mantendo a sigla IPA, já consagrada no seu universo de atuação.

Devido a reforma administrativa do Governo do Estado, cujo marco é Lei Complementar 049 de 31/01/2003, o IPA ampliou sua competência de entidade voltada para pesquisa e desenvolvimento e produção de bens e serviços agropecuários incorporando as atividades de assistência técnica, extensão rural e de infra-estrutura hídrica.

Fotos: Adriano Manoel/IPA

Leia Mais

Alunos do Codai visitam laboratórios do IPA

Alunos do Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas (Codai) da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), visitaram vários laboratórios do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), na segunda-feira (05).

Os estudantes conheceram a rotina de trabalho dos espaços, observando na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula, despertando assim o interesse em diversas áreas de atuação da pesquisa e das atividades dos laboratórios.

Os laboratórios são de grande importância na agricultura, sendo recurso mais confiável para o conhecimento do estado nutricional e o grau de fertilidade em que se encontra determinado área. É nesses espaços que são feitas todas as análises necessárias para avaliação, uma vez, que esse é o meio utilizado para avaliar essas características com maior exatidão.

Eles visitaram recepção de análises, laboratórios de cultura de tecidos vegetais, laboratório física do Solo, laboratório de análises de sementes entre outros.

Leia Mais

Extensionistas e pesquisadores  debatem Boas Práticas Agrícolas, em parceria com Programa Prospera

Pesquisadores e extensionistas rurais do Instituto Agronômico de Pernambuco participaram nessa sexta-feira (13), de um encontro que debateu as boas práticas agrícolas (BPA), em parceria com o Programa Prospera.  O encontro ocorreu no Cetreino em Carpina e contou a participação de gerentes e supervisores de todas as gerências regionais. O evento debateu as boas práticas na aplicação de defensivos e  sustentabilidade e responsabilidade nas aplicações.

O gerente de Assistência Técnica e de Extensão Rural do IPA, Maviael Fonseca ressaltou na abertura do evento, a importância do desenvolvimento e do crescimento da produção de milho em Pernambuco para os agricultores  familiares do estado.

O Prospera é um programa que oferece acesso às melhores tecnologias e práticas para a produção de milho com alta produtividade aos pequenos produtores do Nordeste, contribuindo para a melhoria da condição de vida de famílias e das comunidades rurais locais.

A equipe do Prospera conta com a ajuda de multiplicadores locais que atuam na identificação de produtores rurais que podem se beneficiar da iniciativa, como líderes comunitários, integrantes de cooperativas, universidades entre outros. Os agricultores envolvidos passam a conhecer tecnologias com potencial para elevar a produtividade, sobre sementes de milho, defensivos agrícolas, fertilizantes e máquinas agrícolas, e a receber treinamentos teóricos e práticos das empresas mantenedoras, encontros presenciais, dias de campo e eventos virtuais.

O Programa de Aplicação Responsável realiza ações de extensão para apresentar aos produtores rurais os conceitos de boas práticas na aplicação de defensivos agrícolas, além de conscientizar e incentivar a adoção destas iniciativas, a fim de otimizar recursos, reduzir o impacto no meio ambiente e prover maior sustentabilidade para os setores da agricultura.

Fotos: Adriano Manoel/IPA

Leia Mais

IPA realiza reunião com gerentes regionais para avaliar o Programa Alimenta Brasil no estado

O presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Weidson Marinho, participou nesta terça-feira (28) de uma reunião de monitoramento com todos os 12 gerentes regionais e seus supervisores para avaliar a edição 2020/2022.

Participaram do encontro, o coordenador estadual, Isaque Albuquerque, a assessora da presidência Silvana Lemos, o gerente do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural – (DEAT) Maviael Fonseca e o assistente da Diretoria de Extensão Rural, Otacílio Monteiro.

Os gerentes regionais destacaram os trabalhos que estão sendo realizados, no âmbito do programa e ressaltaram as demandas de compra e entrega dos produtos para as instituições dos municípios que trabalham com pessoas em insegurança alimentar. O valor da chamada é de quase R$ 5 milhões. Atualmente 1.458 agricultores familiares são beneficiados com o programa, juntamente com 339 entidades, em todo o estado, beneficiando mais de 100 mil pessoas

O Programa Alimenta Brasil é o programa de aquisição de alimentos do Governo Federal, que tem como finalidade ampliar o acesso à alimentação aos indivíduos insegurança alimentar e incentivar a produção de agricultores familiares, pescadores artesanais, povos indígenas e demais populações tradicionais.

Por meio de dispensa de licitação, o poder público compra alimentos produzidos por esses agricultores e os destina às famílias em situação de insegurança alimentar incluídos nas redes socioassistencial, escolas públicas, unidades de saúde, unidades de internação socioeducativas e prisionais, entre outras. O IPA já está agilizando o andamento de uma nova proposta para mais uma edição.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Fotos: Adriano Manoel

Leia Mais

Pesquisador do IPA ministra palestra no II Congresso Regional de Zootecnia

O pesquisador do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Fernando Lucas Torres Mesquita, irá ministrar nesta quinta-feira (30), às 9h, durante o II Congresso Regional de Zootecnia, a palestra Maximização da reprodução em caprinos e ovinos. A participação é a convite do presidente do 2° Conselho Regional de Zootecnia, Danilo Teixeira Cavalcante.

Com o tema A Zootecnia e seu papel na organização e inovação da cadeia produtiva, o II Congresso Regional de Zootecnia ocorre nesta quinta-feira (30) e sexta-feira (01/07), em Garanhuns. Participam estudantes de pós-graduação, estudantes de graduação e ensino médio e profissionais das ciências agrárias.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

IPA dá assistência à exposição de animais em Ingazeira

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) marcou presença e prestou total apoio na realização 8ª edição da Feira de Caprinos e Ovinos de Ingazeira (Fecaprio), no Sertão do Pajeú, que se encerrou nesse sábado (25). Após vários anos sem a realização do evento, por causa da pandemia, a feira recebeu um público recorde, incluindo criadores, agricultores familiares e expositores.

A exposição que gera oportunidades e fortalece a agropecuária sertaneja contou com mais de 500 animais, principalmente da região do Pajeú e Moxotó. A Fecaprio promove rodadas de negócios e premiações para os participantes, além de reunir as principais instituições financiadoras e de pesquisa, como Banco do Nordeste e Instituto Agronômico. A prefeitura ainda promoveu shows abertos ao público.

Este ano, foram alcançados recordes em números de participantes e obviamente das baias para agrupar os animais. Segundo o Coordenador Jailson Cordeiro, esta foi a maior de todas as feiras. A gestão municipal montou uma grande estrutura, oferecendo serviços nas área de Assistência Social e na Saúde, com estandes para atender os participantes e a população.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais