Engenheiros de Pesca do IPA apresentam trabalho na XVII edição da FENACAM 2021

Os engenheiros de pesca e extensionistas rurais do IPA, órgão vinculado a secretaria de Desenvolvimento Agrário, participaram entre os dias 16 e 19 de novembro, da XVII edição de Feira Nacional do Camarão, a FENACAM 2021, que aconteceu em Natal – RN. Maviael Fonsêca, João Paulo Viana, Ivo Mendonça e Gilvan Lira, representaram Pernambuco e apresentaram o trabalho intitulado “Ordenamento produtivo na atividade aquícola em Itaparica.”

A FENACAM se consolidou como o maior evento técnico-científico e empresarial da área de aquicultura no Brasil, reunindo dezenas de instituições de pesquisa, universidades, empresas de ATER, empreendedores, estudantes e produtores de todo país, e também de países vizinhos, como Equador, Peru, Chile, Colômbia e Paraguai.

Segundo Mavial Fonsêca, que é Gerente do Departamento de Assistência Técnica – DEAT/IPA, os técnicos da instituição buscaram se integrar no sistema nacional e regional de inovação em aquicultura. “Nós tivemos acesso a tecnologias inovadoras desenvolvidas para superar os novos desafios do setor, visando a sustentabilidade da aquicultura no Brasil, sobretudo para a carcinicultura e a tilapicultura no Nordeste”, explicou.

Durante a programação, produtores, pesquisadores, investidores, consultores e técnicos de ATER se uniram para discutir e socializar soluções criativas com objetivo de aprimorar a cadeia produtiva, com ganho de produtividade, agregação de valor, redução nos custos de produção e uso de energia renovável; reduzir riscos, através de estratégias de prevenção e profilaxia das principais doenças; aumentar a sustentabilidade e competitividade, com a adoção de equipamentos mais eficazes e acessíveis, desenvolvimento de sistemas produtivos fechados e a adoção de protocolos de avaliação e monitoramento da sustentabilidade.

“Além de todo o aprendizado, e de ampliar a rede de relações institucionais e de integração técnica para a aquicultura, conseguimos atrair três empresas parceiras para participarem da Ala de Inovação Tecnológica no estande da Secretaria de Desenvolvimento Agrário durante a I AgroExpoNordeste,” completa Maviael.

A FENACAM 2021 contou com a participação de diversos especialistas do Brasil e do exterior, que abordaram temas contemporâneos e estratégicos para a aquicultura.

Temáticas

Entre os temas abordados no evento estão:

Panorama da Produção Mundial de Aquicultura”, Carcinicultura, com destaque para as Oportunidades que o Gigantesco Trading Internacional de Frutos do Mar, pode oferecer para o Brasil;
Avanços Tecnológicos na Maturação, Reprodução e Larvicultura de Camarões e Peixes;
Atualidades Tecnológicos da Nutrição e da Genética, para a produção de matrizes e alimentos balanceados, com vistas a exploração sustentável de camarões marinhos, peixes e moluscos cultivados;
As Boas Práticas de Manejo – BPM’s e as Medidas de Biossegurança, como ferramentas indispensáveis para a sustentabilidade das explorações aquícolas, tanto para o camarão marinho, como para as demais espécies aquícolas cultivadas;
Apresentação Diferenciada, Agregação de Valor e Aspectos Mercadológicos dos produtos aquícolas produzidos no Brasil; (6) O Papel das Mídias Digitais, na Promoção, Comercialização e Distribuição de Produtos Aquícolas no Contexto do seu Consumo no Mercado Interno e Mercado Global de Frutos do Mar.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais

Engenheiro de Pesca do IPA apresenta palestra na UFRPE

O Engenheiro de Pesca do Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA, Gilvan Lira, participou de uma Mesa Redonda sobre Empreendedorismo, apresentando a palestra: Cultivo de Camarão Marinho em Águas Interiores. O evento aconteceu no auditório do Centro de Ensino de Graduação Obra-Escola (CEGOE) da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) no último dia da XX Semana do Engenheiro de Pesca – SEP2019, que foi realizada pelo PET-Pesca, no período de 09 a 13/12/19.

O cultivo de camarão marinho em águas interiores vem despertando muito interesse do setor aquícola, nos últimos três anos, que vem enxergando essa atividade como uma grande oportunidade para aproveitar recursos hídricos continentais, principalmente às águas salobras, afirma Gilvan Lira. Na palestra foi mostrado os trabalhos que o IPA vem realizando, desde 2013, com Carcinicultura Marinha, onde obteve excelentes resultados desenvolvendo essa tecnologia em meio as comunidades de agricultores familiares do interior de Pernambuco.

Fonte: Núcleo de Comunicação do IPA

Leia Mais