Alunos da UFAgreste participam de palestra sobre ATER proferida por equipe do IPA

A ação foi promovida por extensionistas da Gerência Regional do instituto em Garanhuns

Alunos do último período dos cursos de Agronomia e Veterinária da Universidade Federal do Agreste Pernambucano (UFAgreste) participaram, nesta sexta-feira (8), de uma palestra sobre ATER proferida pelos extensionistas Pedro Balensifer e Samantha Britto e Maria Vicência Tenório Alves, supervisora regional da Gerência Regional do IPA/Garanhuns.

A equipe do IPA detalhou para os estudantes informações sobre extensão rural, missão e experiência exitosas (públicas e privadas), parcerias e, sobretudo, agricultura de base familiar e programas Dom Helder e de Aquisição de Alimentos (PAA), entre outros projetos executados pelo instituto.

O grupo também conheceu o banco de Sementes Crioulas do Agreste Meridional, desenvolvido nas instalações do IPA. A ação é mais uma iniciativa da empresa para dar a alunos de cursos de Agronomia e Veterinária a oportunidade de conhecer de perto as atividades realizadas pelo IPA, dando aos universitários uma contribuição para o trabalho profissional que eles irão realizar no futuro.

Leia Mais

IPA segue com lançamento do PAA nos municípios

Sanharó e Águas Belas estão entre os últimos beneficiados pelo programa

Sanharó e Águas Belas, no  Agreste pernambucano, são mais dois municípios que passaram a contar com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) nesse mês de março. A ação é uma iniciativa do Governo Federal em parceria com os governos estaduais e municipais. O lançamento do PAA em Sanharó ocorreu nesta terça-feira (5) e, em Águas Belas, na última sexta-feira (1).

Os eventos foram organizados pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que coordena a ação no estado. Autoridades locais, produtores/fornecedores, e representantes das instituições beneficiadas participaram das solenidades nos municípios.

Em Águas Belas, os produtos, adquiridos de 19 produtores da agricultura familiar, foram doados para instituições que prestam assistência ao município e a um abrigo de idosos. Foram entregues 10 variedades de alimentos, entre hortaliças, verduras, legumes e vários tipos de doces.

A finalidade do Programa de Aquisição de Alimentos é levar comida de boa qualidade para pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Na cidade de Águas Belas, participaram da solenidade a diretora de Desenvolvimento e Consolidação de Projetos de Assentamentos – DD/INCRA, Rosi Rodrigues, o prefeito do município, Luiz Aroldo, as supervisoras regionais Maria Vicência Tenório e Nayra Luíza de Oliveira Souza, e a extensionista Samantha Britto, da Gerência Regional de Garanhuns, além de representantes da Colônia de Pescadores do município e de sindicatos rurais.

Leia Mais

Limoeiro é mais um município pernambucano beneficiado com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

Equipes do IPA e da Prefeitura municipal coordenaram o lançamento do programa na cidade

Limoeiro é mais um município pernambucano a contar com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), uma iniciativa do Governo Federal em parceria com os governos estaduais e municipais. O programa foi lançado na cidade, na última segunda-feira (26), beneficiando 64 agricultores/fornecedores. Os alimentos comprados foram doados para duas entidades que trabalham com pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Criado pelo Governo Federal em 2003 e relançado em 2023, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) visa promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Na cidade, o lançamento do programa foi realizado pelo IPA e a Prefeitura de Limoeiro, em parceria com o Governo Federal, o Governo do Estado, Banco do Brasil, Banco do Nordeste e o Conselho de Desenvolvimento Sustentável de Limoeiro (Codesul). O diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, participou do evento.

Em Limoeiro, o Programa de Aquisição de Alimentos é coordenado pela IPA, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrícola, Pesca e Meio Ambiente e pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania.

Na ação, o IPA e a Secretaria municipal de Agricultura identificaram os produtores familiares e emitiram o CAF (Cadastro da Agricultura Familiar). Os alimentos foram entregues no anexo do escritório municipal do IPA, onde foram pesados e doados para as entidades cadastradas no programa. O valor pago aos 64 agricultores/fornecedores pela compra dos alimentos superou um milhão de reais.

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos beneficia mais de 600 pessoas em Caruaru

O IPA fez o lançamento do PAA no município nesta quarta-feira. O evento contou com a participação de agricultores/produtores, entidades beneficiadas e autoridades locais

Caruaru sediou, na última quarta-feira (21), o evento de lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) para a região. O PAA é uma ação do Governo Federal, em parceria com os governos municipais e estaduais. O diretor de Extensão do IPA, Francisco Dantas, e extensionista do instituto e coordenador do PAA, Isaque Nascimento, recepcionaram agricultores/fornecedores dos alimentos aquiridos pelo programa, representantes das entidades beneficiadas e autoridades locais.

Na Gerência Regional do IPA/Caruaru, 11 municípios participam do PAA. São 56 entidades atendidas, beneficiando diretamente 17.274 pessoas e 132 agricultores/fornecedores cadastrados. No município de Caruaru, 644 pessoas foram beneficiadas, oito instituições atendidas e 20 agricultores/fornecedores.

O PAA tem a finalidade de levar alimentos frescos e de boa qualidade para pessoas que vivem em situação de insegurança alimentar e nutricional. Em Pernambuco, o programa foi iniciado em meados de dezembro do ano passado. Segundo Isaque Nascimento, o estado já comprou e doou 116.814 quilos de produtos agropecuários.

 Aos agricultores e criadores da agricultura familiar foram pagos R$ 740.225,00. Já foram adquiridos 78 tipos de produtos da agricultura familiar: olerícolas, frutas, feijão, milho, carnes, bolos e raízes e tubérculos

Desde o início do programa, 41 municípios pernambucanos foram contemplados com o PAA.  A proposta do IPA é de, até março, chegar a 87 cidades de todas as regiões do estado.

PAA Caruaru

Em Caruaru, a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) foi uma das entidades beneficiadas. “Sabemos da importância da alimentação na primeira infância, na fase adulta, na adolescência e no envelhecimento. E nós, que fazemos um trabalho voltado para pessoa com deficiência, é uma ação dessa é de extrema importância porque a maioria dos nossos usuários, que fazem acompanhamento e tratamento conosco, vivem em situação de insegurança alimentar. Então, só temos gratidão ao IPA por esta iniciativa”, disse Venessa, coordenadora da APAE/Caruaru.

Daniele, da Casa dos Pobres São Francisco de Assis, também destacou a importância da doação dos alimentos do PAA para a instituição. “Para nós é uma imensa alegria receber os gêneros alimentícios do PAA. Não apenas para garantir a alimentação dos idosos assistidos pela nossa instituição, como também porque fortalece a agricultura familiar”, observou.

No lançamento do programa em Caruaru, fizeram parte da composição mesa: Francisco Dantas e Isaque Nascimento; João Herculino, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caruaru; Dayse Santos Silva, secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru; Marcos Júnior, secretário de Desenvolvimento Rural de Caruaru; Genycleison, presidente da Associação dos Pequenos Agricultores de Murici e Adjacências; Cristiane, representante da Casa dos Pobres São Francisco de Assis; Ana Lúcia, representante da entidade Irmãs Werbuga; Evandro, representante do CMAS; Priscila, representante do CONSEA e Leonardo, representante do IPA/Caruaru.

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é lançado em São Bento do Una

O evento contou com a presença da equipe de técnicos do IPA, autoridades locais e agricultores/fornecedores do programa

O município de São Bento do Una, no Agreste pernambucano, recebeu, nesta segunda-feira (19), a equipe do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que fez, na cidade, o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Os produtos, comprados de 26 agricultores/fornecedores, foram entregues a três entidades cadastradas no programa, beneficiando diretamente 2.330 pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

A Região do Agreste, cuja gerência é Lajedo, cadastrou sete, entre os 87 municípios cadastrados para participar do PAA estadual. Foram incluídas 24 entidades, beneficiando 6.909 pessoas. Ao todo, 98 agricultores/fornecedores foram cadastrados pelo programa. O PAA é uma iniciativa do Governo Federal, em parceria com os governos estaduais e municipais.

Na solenidade de lançamento do PAA em São Bento do Una, estavam presentes o diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, e vários técnicos do instituto. Também participaram do evento Mosh Dayan, representando a deputada estadual Débora Almeida, vereadores, representantes de entidades beneficiadas como a Cozinha Comunitária, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Secretaria municipal de Agricultura, e aproximadamente 15 agricultores familiares/fornecedores do programa.

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) chega a outros municípios pernambucanos

Nesta quarta-feira, a equipe do IPA lançou o programa em Araripina, Granito, Moreilândia e Santa Cruz

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) segue com o cronograma de lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), beneficiando agricultores familiares de todas as regiões do estado. Nesta quarta-feira (7), o programa chegou aos municípios de Araripina, Granito, Moreilândia, Ouricuri e Santa Cruz, beneficiando diretamente 11.752 pessoas, 1.075 agricultores/fornecedores e 29 entidades.

Durante esta semana, o programa também foi lançado em dois municípios da Gerência Regional do IPA/Petrolina: Afrânio, beneficiando 400 pessoas, 11 agricultores/as e uma instituição; e Dormentes, atendendo 120 pessoas, sete agricultores/produtores e uma entidade.

No estado, até o momento, o Programa de Aquisição de Alimentos, por meio do trabalho realizado pelos extensionistas das gerências regionais e técnicos dos escritórios locais do IPA, foram adquiridas 74,4 toneladas de alimentos e R$ 503 mil foram destinados a compra de produtos agropecuários da agricultura familiar.

O PAA é uma iniciativa do Governo Federal, em parceria com o Governo do Estado, tendo como objetivo incentivar a agricultura familiar e promover o acesso à alimentação. Os produtos adquiridos pelo programa aos agricultores/as são destinados a entidades sociais, que cuidam de pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional. A ação também beneficia as redes pública e filantrópica de ensino.

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) chega ao município de Chã de Alegria

O lançamento contou com a presença de representantes do IPA, autoridades locais e agricultores/as da família

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) foi lançado, nesta quarta-feira (31), no município de Chã de Alegria. O evento contou com a presença da equipe do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), autoridades locais e agricultores/as da família, beneficiados pelo programa. O PAA é uma iniciativa do Governo Federal, com execução do Governo do Estado.

O objetivo do PAA é incentivar a agricultura familiar, comprando os alimentos diretamente dos agricultores/fornecedores e repassando às instituições que atendem pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional. O IPA coordena a ação e a proposta, até o final de fevereiro, é chegar a 87 municípios. Em Chã de Alegria, o programa irá beneficiar agricultores da família, entidades sociais e escolas.

Estiveram presentes no evento de lançamento, o diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, o prefeito de Chá de Alegria, Tarcisio Massena, o vice Marcos da Roça, os vereadores Lita Massena, Irmão Jorge, Juka de Bajuca, Neco do Bar e Brunno Ribeiro; os secretários municipais Andrelly Massena (Assistência Social), Rosário Pinheiro (Saúde), Diogo Vilela (Agricultura) e Marinaldo Massena (Governo). E, ainda, o gerente regional do IPA/Carpina, Djalma Brito, o supervisor regional, Bruno Borba, o extensionista e coordenador do PAA, Isaque Nascimento, e o técnico do escritório local, Edaylson César.

Leia Mais

IPA agrega ações de ATER ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

Durante o processo, os agricultores/as recebem orientação sobre produção e outros cuidados para melhorar a qualidade dos alimentos aquiridos pelo programa

Um grupo de 19 famílias, cadastradas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do município Santa Cruz da Baixa Verde, localizado no Sertão do Pajeú, está participando de um processo diferenciado de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) do IPA. O trabalho consiste em repassar orientações sobre a qualidade dos produtos a serem adquiridos pelo programa e agendamento de visitas as propriedades.

A cidade de Santa Cruz da Baixa Verde, que é ligada à Gerência Regional do IPA de Serra Talhada, foi escolhida para iniciar essa experiência, que tem à frente o extensionista Gerlúcio Moura Bezerra de Sousa, com acompanhamento do supervisor regional de Extensão Rural Tito Antônio Ferraz Jota.

Na referida ação, de forma programada, durante o processo produtivo das famílias, são cumpridas as seguintes etapas:  cadastramento, orientações técnicas, com utilização de metodologias participativas, e avaliação. Após a inclusão das famílias no processo, foi realizada uma reunião com o grupo, para apresentação das normas do programa.

De acordo com Tito Antônio Ferraz Jota, as visitas já foram realizadas, possibilitando a identificação das atividades produtivas desenvolvidas e a verificação da questão temporal quanto à oferta de cada produto nos próximos meses.

Foi visto, ainda, o início do processo de orientação técnica, com a identificação das práticas agropecuárias já utilizadas e recomendações sobre os cuidados necessários nos processos de colheita, embalagem e transporte da produção a qual se destinará a escolas, creches, abrigos de idosos e cozinha comunitárias da rede sócio assistencial do município.

“O diferencial desse deste processo é trabalhar com as famílias toda a cadeia produtiva, ou seja, da produção a comercialização e implantar um processo de avaliação capaz de identificar as melhorias que o mesmo possa gerar na vida social e produtiva e assim, mudar também nosso olhar e forma de atuação junto as demais famílias as quais atendemos”, explicou Tito.

Segundo ele, a próxima fase será a aplicação do instrumento Diagnóstico Socioeconômico e Ambiental que possibilitará a identificação das práticas de produção utilizadas atualmente, organização social, as condições de moradia, móveis, máquinas, equipamentos, utensílios domésticos, saneamento, destinos dos resíduos sólidos entre outros, permitindo direcionar e priorizar o foco da assistência técnica aos aspectos identificados.

“A ação está programada para ser realizada durante dois anos com as referidas famílias, sendo aplicado o mesmo instrumento de diagnóstico no término desse prazo, de forma a identificar o que e em que setor as famílias evoluíram e assim, guiar nosso trabalho de ATER, melhorando a eficiência do mesmo não apenas nos processos produtivos, mas, também nas questões socioambientais”, explicou o supervisor.

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) contempla município de São Vicente Férrer

O lançamento do programa ocorreu nesta quarta-feira com a presença da equipe do IPA, autoridades locais e agricultores/as

O município de São Vicente Férrer recebeu, nesta quarta-feira (24), a equipe do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) para o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O projeto, que é uma iniciativa do Governo Federal, com a execução do Governo do Estado, tem o objetivo de promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Em Pernambuco, o programa irá beneficiar cerca de 150 mil pessoas e, até o final de fevereiro, chegará a 87 municípios.

No PAA, os alimentos são comprados diretamente dos agricultores/as que são cadastrados pelo IPA. O instituto também é responsável pelo cadastro das instituições que recebem os produtos (hortaliças, tubérculos, frutas, verduras e proteína animal). São entidades que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional. Em São Vicente Férrer, foram cadastrados 51 agricultores, 10 entidades e 6021 pessoas beneficiadas.

“A parceria do IPA com os agricultores, junto com a prefeitura, é importante porque incentiva a produção e também tira o atravessador do processo. E ainda contamos com o apoio do extensionista do instituto, que nos ajuda com consultoria no trabalho no campo”, destacou o agricultor Rafael Cavalcante.

O secretário municipal de Agricultura, Márcio Lima, definiu como “forte e duradoura” a parceria entre o Governo Municipal e o IPA. “Os extensionistas sabem que a prefeitura está à disposição para o que precisarem. Podem contar conosco porque, o precisarem, será feito”, garantiu o gestor que, junto com o secretário de Assistência Social, Adilson Carlos, representou o prefeito da cidade, Marcone Vicente dos Santos.

O diretor presidente do IPA, Joaquim Neto, ressaltou que quando o trabalho é feito com a união de todos (governos federal, estadual e municipal) as coisas acontecem. “Nós que fazemos parte da equipe do  Governo e seguimos a orientação da governadora Raquel Lyra ficamos felizes quando em ver que as coisas funcionamndo. E aqui sei que as coisas vão acontecer”, disse Joaquim Neto.

O diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, destacou o trabalho do IPA para levar o PAA para os municípios. “E isso ainda é muito pouco. Estamos empenhados em trazer mais recursos para que os alimentos cheguem apenas a São Vicente Férrer, mas para a toda a região”, observou. Também participaram do lançamento, Isaque Nascimento, extensionista do IPA e coordenador do PAA, Fabrício Bezerra Pereira, supervisor regional, e Luiz Filho.

Outros municípios

Na Gere Surubim sete municípios participam do PAA, com 53 entidades, beneficiando diretamente 16.703 pessoas. Foram cadastrados 127 agricultores/as, que fornecem os alimentos para o programa.

Em Machados, são duas entidades cadastradas, beneficiando 571 pessoas. No município, 29 agricultores/as foram cadastrados no programa.

Leia Mais

PAA beneficia agricultores/as de Floresta com a compra de alimentos produzidos por eles na região

O IPA fez o lançamento do programa nesta segunda-feira em um evento no município

Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) continua com o cronograma de lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal, no estado.  Nesta segunda-feira (22), extensionistas e técnicos da empresa estiveram em Floresta, no Sertão pernambucano, para implementar o programa na região.

O município foi contemplado com recursos no valor de R$ 95 mil, beneficiando 47 agricultores familiares. Os alimentos produzidos pelo grupo estão sendo repassados para oito entidades cadastradas no programa, que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional.

Durante o evento, o programa foi enaltecido por todos que usaram da palavra. “Eles, inclusive, solicitaram a continuidade do PAA pela importância no apoio à produção, levando comida a mesa das famílias carentes e dessa forma, contribuindo pela erradicação da fome no nosso estado”, destacou o diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas.

Ao falar sobre o programa, a agricultora Aucilene, que mora na Fazenda Malhada Vermelha, ressaltou que o PAA tem beneficiado os agricultores, dando a eles a oportunidade de vender produtos de qualidade e por um preço justo. “Então, só tenho a agradecer ao programa e a todos que fazem parte dele”, afirmou.

O objetivo do PAA é de fortalecer a agricultura familiar e beneficiar, com os produtos plantados e colhidos pelos agricultores/as, instituições que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional. Nesta quarta-feira (24), o lançamento será nos municípios de Machados e São Vicente Férrer, na Região do Agreste. A proposta é de chegar a 87 municípios até o final de fevereiro.

No lançamento do PAA de Floresta, também estiveram presentes o gerente Regional de Serra Talhada, Fernando Nogueira, o coordenador do PAA estadual, Isaque Nascimento, representantes da Prefeitura de Floresta, do IF Sertão (Instituto Federal do Sertão/PE), do Banco do Nordeste, da Gerência de Educação Estadual, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, do Conselho municipal e de associações locais.

Leia Mais