Sertão de Itaparica ganha um Comitê Territorial do Plano Safra

Iniciativa reúne representantes de bancos, institutos de pesquisa, universidades e outras entidades governamentais e privadas

Nesta terça-feira (5), foi realizada, no auditório do IF Sertão Campus Floresta, a reunião de instalação Comitê Territorial do Plano Safra do Sertão, uma iniciativa conjunta entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), o Banco do Nordeste (BNB), o IF SERTÃO, e o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). O grupo conduziu a mesa de debates, da qual participaram uma extensa lista de entidades comprometidas com o fortalecimento da agricultura familiar na região do Sertão de Itaparica.

A diversidade dos participantes reflete a amplitude do compromisso com o desenvolvimento regional. O diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, e o gerente regional do IPA de Serra Talhada, Fernando Nogueira, marcaram presença na mesa de discussões.

Eles trouxeram uma perspectiva valiosa para as estratégias de desenvolvimento regional, ressaltando a importância da extensão rural na implementação de práticas inovadoras.

Fernando Nogueira ressaltou a importância do comitê territorial ao afirmar que “ele traz para a região a possibilidade de discutir a cadeia produtiva de cada localidade, cada uma com características distintas. Embora compartilhem similaridades, o manejo próprio e a cultura do povo são fatores que diferenciam cada região”, destacou.

O evento também destacou a importância do direcionamento estratégico de recursos por parte dos bancos, como o Banco do Nordeste. O objetivo é aproveitar as potencialidades específicas de cada região do Sertão de Pernambuco, levando em consideração não apenas as características climáticas, mas também as particularidades culturais que tornam cada localidade única. As parcerias estabelecidas e as discussões realizadas durante o evento sinalizam um compromisso coletivo em impulsionar o desenvolvimento regional.

Entidades participantes do evento

Representantes do MDA e BNB, Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca do Governo do Estado de Pernambuco, IF SERTÃO- Campus Floresta, IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco), Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Pernambuco, Rede Nacional de Colegiados Territoriais, MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), MLST (Movimento de Libertação dos Sem Terra), Via Trabalho, Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STRs), ITERPE (Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco), INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), FETAPE (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco), MCP (Movimento Camponês Popular), CPT (Comissão Pastoral da Terra), ASA (Articulação no Semiárido Brasileiro), CONAQ (Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Quilombolas), UNICAFES (União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária), Quilombos de Pernambuco, Fórum de Economia Solidária, FETRAF (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar).

Leia Mais

IPA caminha para firmar parceria com IFSertãoPE

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) caminha para dar mais um passo para contribuir com o bem-estar do povo pernambucano e fortalecimento da agricultura familiar. A empresa irá firmar parceria com o Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE), situado em Petrolina.

O instituto é fundador do projeto “Nas Ramas da Esperança”, que foi um dos finalistas do prêmio Pacto Contra a Fome, patrocinado pelo Unesco, que reconhece iniciativas de transformação socioambiental que trabalham em prol do combate à fome e/ou do desperdício de alimentos

O objetivo do projeto é combater a insegurança alimentar e desnutrição em Pernambuco, por meio da implantação de um banco de multiplicação e distribuição de variedades de batata-doce biofortificada (processo de cruzamento de variedades que amplia o valor nutricional do produto colhido). O projeto é coordenado pelo professor do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE), Erbs Cintra de Souza Gomes.

O diretor de Infraestrutura Hídrica do IPA, Pedro Henrique Nunes de Oliveira, visitou a área do projeto, que fica localizada no campus Petrolina Zona Rural do IFSertãoPE.

Leia Mais

Diretor de Infraestrutura Hídrica do IPA promove reunião em Ouricuri

O diretor de Infraestrutura Hídrica do IPA, Pedro Henrique Nunes, esteve na manhã, desta terça-feira (31), visitando a unidade de recursos hídricos em Ouricuri, no Sertão pernambucano. Uma reunião proveitosa, onde muitas demandas foram apresentadas e que irão amenizar os problemas que estamos tendo com a falta de chuvas.


Durante a reunião, o trabalho transcorreu com ouvida da equipe, definição do planejamento e agora é entrar na fase de execução das ações para atender as demandas. “Estamos unindo forças para transformar Pernambuco”, destacou Pedro Henrique Nunes.


Continuando a agenda, à tarde, Pedro Henrique Nunes fez uma visita ao prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Capellaro. Eles avaliaram as necessidades do município na área de infraestrutura hídrica.

Leia Mais

IPA dá assistência à exposição de animais em Ingazeira

O Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) marcou presença e prestou total apoio na realização 8ª edição da Feira de Caprinos e Ovinos de Ingazeira (Fecaprio), no Sertão do Pajeú, que se encerrou nesse sábado (25). Após vários anos sem a realização do evento, por causa da pandemia, a feira recebeu um público recorde, incluindo criadores, agricultores familiares e expositores.

A exposição que gera oportunidades e fortalece a agropecuária sertaneja contou com mais de 500 animais, principalmente da região do Pajeú e Moxotó. A Fecaprio promove rodadas de negócios e premiações para os participantes, além de reunir as principais instituições financiadoras e de pesquisa, como Banco do Nordeste e Instituto Agronômico. A prefeitura ainda promoveu shows abertos ao público.

Este ano, foram alcançados recordes em números de participantes e obviamente das baias para agrupar os animais. Segundo o Coordenador Jailson Cordeiro, esta foi a maior de todas as feiras. A gestão municipal montou uma grande estrutura, oferecendo serviços nas área de Assistência Social e na Saúde, com estandes para atender os participantes e a população.

Fonte: Núcleo de Comunicação

Leia Mais