Extensionista do IPA participa de elaboração de Guia para implantação de hortas urbanas e periurbanas

A gerente do Departamento de Educação e Metodologia de Extensão Rural (DEEM), Ana Paula Silva, fez parte do comitê técnico e diretivo do guia “Agendas municipais de agricultura urbana e periurbana: um guia para inserir a agricultura nos processos de planejamento urbano”, cujo objetivo é orientar municípios e subsidiar o processo de tomada de decisão para fortalecer as Hortas Urbanas e Periurbanas, avançando na institucionalização dessa agenda e fortalecendo as iniciativas em curso para que elas se multipliquem ganhem escala.

Coordenado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDS e execução da Fundação Getúlio Vargas – FGV, o processo de elaboração/publicação deste documento colocou o Brasil em uma posição pioneira e inédita, ao ser o primeiro país a elaborar um guia para agendas municipais de agricultura urbana e periurbana em contexto nacional, e contribuiu para a concretização do Novo Programa Nacional de Agricultura Urbana e Periurbana, instituído pelo Decreto n° 11.700, que a partir de 2023 passou a ser executado no âmbito de quatro ministérios – MDS, MDA, MMA e MTE. Esse é um sinal importante do potencial que as cidades brasileiras possuem para produzir alimentos, gerar empregos e assegurar a geração de serviços ecossistêmicos.

Confira o guia nos arquivos abaixo, sendo o primeiro o documento que foi lançado fisicamente, e o segundo o documento que contem a participação do IPA, especificamente.

Leia Mais

Presidente do IPA e representantes da FUNASE discutem avanços em projeto de hortas sustentáveis

No dia 01/04, a presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Ellen Viégas, promoveu uma importante reunião com Ubiracira Lima da Cruz, representante da Fundação de Atendimento Socioeducativo (FUNASE), juntamente com Maria Chagas e a diretora de Extensão Rural Alcineide Oliveira. O encontro teve como pauta principal dar continuidade ao desenvolvimento do projeto Funase Verde, que visa a instalação de hortas com assistência técnica do IPA nas unidades da FUNASE.

O encontro teve como objetivo dar continuidade ao desenvolvimento dessas iniciativas, que visam promover a segurança alimentar e o aprendizado prático para os jovens atendidos pela FUNASE, ao mesmo tempo em que impulsionam a agricultura sustentável na região. A parceria entre IPA e FUNASE reafirma o compromisso das instituições com o desenvolvimento socioeconômico e ambiental de Pernambuco.

Leia Mais

IPA se reúne para conhecer a nova diretoria sob a coordenação da diretora presidente Ellén Viégas

Reunião transmitida aos funcionários de todo o estado através do google e canal do Youtube

Nessa quinta-feira (14), pela manhã, os funcionários do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), e prestadores de serviço, se reuniram no auditório da sede, para conhecer a nova equipe gestora do instituto, agora presidido pela ex-secretária de Desenvolvimento Agrário, Pecuária e Pesca (SAS), Ellén Viégas.  Além da nova diretoria, prestigiaram o evento o atual secretário Desenvolvimento Agrário, Pecuária e Pesca, Cícero Moraes, o presidente do Prorural, Mychel Ferraz, e Silvana Lemos, que integra o Conselho Administrativo da empresa, representando os funcionários da casa.

Ao discursar, Ellen Viégas, que é a segunda mulher a presidir o IPA, fez questão de destacar que a integração de todos os setores da empresa, e a contribuição de todos os funcionários, será fundamental para o desenvolvimento do papel para qual o instituto foi criado. “Temos muita coisa a fazer, mas não vamos conseguir fazer sem a colaboração de todos vocês. Sozinhos nós não vamos conseguir. Essa é uma missão de todos nós. Esse é um desafio que recebemos da governadora Raquel Lyra”, destacou a diretora presidente do IPA.

A nova diretoria empossada traz os seguintes profissionais e cargos: Ellén Viégas, diretora presidente; Alcineide Oliveira Nascimento, diretora de Assistência Técnica e Extensão Rural; Auridam Coutinho, diretora de Infra-Estrutura Hídrica; Carlos Antônio Ribeiro Ramalho Junior, diretor de Administração e Finanças e Carlos Henrique Castelletti, que continuará na Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento. A equipe ganhou o reforço do Assessor especial da Casa Civil Bruno França, que vai acompanhar diretamente a ações empreendidas pelo instituto.

A nova diretora de Extensão Rural, Alcineide Oliveira Nascimento, a primeira mulher a assumir o cargo nos 88 anos de fundação do IPA, ressaltou que a assistência técnica é “um elo” de um sistema integrado e “vamos construir isso juntos”, afirmou, ressaltando que sem assistência técnica não existe desenvolvimento rural.

O diretor de Desenvolvimento e Pesquisa, Henrique Castelletti, também observou a importância da integração para o desenvolvimento das atividades do IPA. “Que essa gestão traga mais avanço para o IPA e possa desempenhar o nosso papel de pesquisa, extensão e recursos hídricos e ter integração total com as 232 mil famílias de agricultores do nosso estado”, disse.

O diretor de Administração e Finanças, Carlos Ramalho, reforçou que a palavra “integração” será a palavra de ordem da nova gestão. “Estamos aqui para unir, para ouvir, para escutar vocês e estamos aqui, acima de tudo, para trabalhar e chegar junto de quem mais precisa, quem é aquele que está na ponta. Não existirá uma boa gestão sem a contribuição e colaboração de vocês, que fazem parte do corpo do IPA”, observou.

O ex-secretário executivo da Agricultura Familiar e Pesca, Bruno França, representou no evento a governadora Raquel Lyra. Ele integra a Assessoria Especial da Casa Civil, mas foi designado para trabalhar na gestão da diretora presidente do IPA, Ellen Viégas. “Vamos trabalhar juntos para construir um IPA mais forte, uma IPA que chegue na ponta para entregar a quem precisa”, destacou Bruno.

O secretário de Desenvolvimento Agrário, Pecuária e Pesca, Cícero Moraes, afirmou que o IPA reforça a estrutura do Governo do Estado no que diz respeito a política agrária. “O IPA consolida a parceria, consolida as parcerias institucionais cada vez mais próximo da secretaria e suas vinculadas”, disse.

Além dos servidores da sede, a reunião também foi acompanhada pelos funcionários do IPA, lotados no interior do estado nas gerências regionais e escritórios municipais de extensão rural e nas 12 estações experimentais de pesquisa do instituto, de forma on-line e canal do Youtube do instituto.

Ellen Viégas – Nova Diretora presidente do IPA. Foi Secretária de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca do Governo de Pernambuco; É docente e adjunta da Universidade Federal Rural de Pernambuco

Confira a nova composição da diretoria do IPA:

Alcineide Oliveira Nascimento – Diretora de Extensão Rural e Assistência Técnica. Pós-graduada em Comércio Exterior, Bacharela em Administração e Técnica em Agropecuária.

Auridan Marinho Coutinho – Diretora de Infraestrutura Hídrica. Engenheira civil, Mestre em Indústrias Criativas com experiência profissional na área pública e privada na coordenação de projetos, acompanhamentos de contratos, elaboração de termos de referência, acompanhamento de obras e licitações voltadas as atividades destinadas à Recursos Hídricos.

Carlos Antônio Ribeiro Ramalho Júnior – Diretor de Administração e Finanças. Pós-graduado em MBA executivo em Gestão Empresarial, graduado em Administração de Empresas com ênfase em Comércio Exterior.

Carlos Henrique Madeiros Castelletti – Diretor de Pesquisa. Funcionário concursado do IPA.

Leia Mais

Marisqueiras da Ilha de Itamaracá participam de evento para marcar o Dia Internacional das Mulheres

O evento, promovido pelo IPA, teve palestras destacando a violência praticada contra as mulheres

Para marcar o mês em que é comemorado o Dia Internacional das Mulheres, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) promoveu, na última terça-feira (12), um evento para um grupo de 72 marisqueiras ligadas à Colônia de Pescadores Z-11 da Ilha de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Elas participaram de uma manhã debates, que trataram, principalmente, do combate à violência contra as mulheres e de questões sócioeducativas.

O encontro com as marisqueiras começou a ser programado em janeiro, a partir do diagnóstico rural participativo realizado pelo IPA. O objetivo, segundo a extensionista Ana Clara Rodrigues, do escritório do instituto em Itamaracá, é ajudar as mulheres marisqueiras no desenvolvimento da pesca artesanal e no monitoramento das atividades do grupo.

“O IPA tem um papel muito importante nesse trabalho e na Colônia de Pescadores a avaliação é muito positiva em relação a atuação do instituto nas articulações de políticas públicas, a exemplo do CAF (Cadastro do Agricultor Familiar). Com o CAF, eles têm acesso ao crédito rural e isso contribui para o desenvolvimento da economia local”, destacou Ana Clara.

No evento da última terça-feira, o IPA contou com parceria da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, da Prefeitura da Ilha de Itamaracá, do Projeto Amantes de Itamaracá e Banco do Nordeste.  

Na reunião, além de Ana Clara Rodrigues, também participaram Ângela Sena (IPA/Itapissuma), Karina Biaz (IPA/Abreu e Lima) e Bruno Borba, supervisor da gerência regional de Carpina. As marisqueiras também receberam brindes, a exemplo de chapéu árabe e óculos, úteis para proteger do sol durante a catação do marisco. O material foi doado pela presidente do Projeto Amantes de Itamaracá, Elinalva Souza.

Leia Mais

Alunos da UFAgreste participam de palestra sobre ATER proferida por equipe do IPA

A ação foi promovida por extensionistas da Gerência Regional do instituto em Garanhuns

Alunos do último período dos cursos de Agronomia e Veterinária da Universidade Federal do Agreste Pernambucano (UFAgreste) participaram, nesta sexta-feira (8), de uma palestra sobre ATER proferida pelos extensionistas Pedro Balensifer e Samantha Britto e Maria Vicência Tenório Alves, supervisora regional da Gerência Regional do IPA/Garanhuns.

A equipe do IPA detalhou para os estudantes informações sobre extensão rural, missão e experiência exitosas (públicas e privadas), parcerias e, sobretudo, agricultura de base familiar e programas Dom Helder e de Aquisição de Alimentos (PAA), entre outros projetos executados pelo instituto.

O grupo também conheceu o banco de Sementes Crioulas do Agreste Meridional, desenvolvido nas instalações do IPA. A ação é mais uma iniciativa da empresa para dar a alunos de cursos de Agronomia e Veterinária a oportunidade de conhecer de perto as atividades realizadas pelo IPA, dando aos universitários uma contribuição para o trabalho profissional que eles irão realizar no futuro.

Leia Mais

Agricultores da comunidade quilombola do Sítio do Fragoso, em Lagoa dos Gatos, recebem visita técnica do IPA

Os técnicos estiveram no local na última terça-feira

Agricultores e agricultores da comunidade quilombola do Sítio Fragoso, em Lagoa dos Gatos, receberam, na última terça-feira (5), a visita de uma equipe de agrônomos e técnicos do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). Eles atenderam um pedido dos próprios quilombolas, que solicitaram a assistência técnica do IPA para melhorar cultivo de suas plantações.

Além da visita à área, os agricultores/as participaram de uma palestra, na qual os técnicos passaram informações mais detalhada sobre plantio e cultivo. No sítio, 12 famílias quilombolas cultivam tomate, hortaliças, banana, entre outros produtos.

O grupo, inclusive, foi cadastrado pela equipe do IPA para fornecer alimentos para Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) Quilombola, ação do Governo Federal em parceria com os governos estaduais e municipais. Os alimentos produzidos por agricultores/as da família são doados para instituições que trabalham com pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Participaram da visita, o gerente da Gerência Regional de Lajedo, José Geraldo Alves, o supervisor regional, Marcelo Gouveia, o agrônomo Manoel Pessoa, e os técnicos Carlos Henrique e Fabrício Leite. A visita às comunidades quilombolas e povos tradicionais em ações de ATER é uma atividade cotidiana das equipes do instituto em todas as regiões do estado.

Leia Mais

Sertão de Itaparica ganha um Comitê Territorial do Plano Safra

Iniciativa reúne representantes de bancos, institutos de pesquisa, universidades e outras entidades governamentais e privadas

Nesta terça-feira (5), foi realizada, no auditório do IF Sertão Campus Floresta, a reunião de instalação Comitê Territorial do Plano Safra do Sertão, uma iniciativa conjunta entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), o Banco do Nordeste (BNB), o IF SERTÃO, e o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). O grupo conduziu a mesa de debates, da qual participaram uma extensa lista de entidades comprometidas com o fortalecimento da agricultura familiar na região do Sertão de Itaparica.

A diversidade dos participantes reflete a amplitude do compromisso com o desenvolvimento regional. O diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, e o gerente regional do IPA de Serra Talhada, Fernando Nogueira, marcaram presença na mesa de discussões.

Eles trouxeram uma perspectiva valiosa para as estratégias de desenvolvimento regional, ressaltando a importância da extensão rural na implementação de práticas inovadoras.

Fernando Nogueira ressaltou a importância do comitê territorial ao afirmar que “ele traz para a região a possibilidade de discutir a cadeia produtiva de cada localidade, cada uma com características distintas. Embora compartilhem similaridades, o manejo próprio e a cultura do povo são fatores que diferenciam cada região”, destacou.

O evento também destacou a importância do direcionamento estratégico de recursos por parte dos bancos, como o Banco do Nordeste. O objetivo é aproveitar as potencialidades específicas de cada região do Sertão de Pernambuco, levando em consideração não apenas as características climáticas, mas também as particularidades culturais que tornam cada localidade única. As parcerias estabelecidas e as discussões realizadas durante o evento sinalizam um compromisso coletivo em impulsionar o desenvolvimento regional.

Entidades participantes do evento

Representantes do MDA e BNB, Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca do Governo do Estado de Pernambuco, IF SERTÃO- Campus Floresta, IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco), Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Pernambuco, Rede Nacional de Colegiados Territoriais, MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), MLST (Movimento de Libertação dos Sem Terra), Via Trabalho, Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STRs), ITERPE (Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco), INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), FETAPE (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco), MCP (Movimento Camponês Popular), CPT (Comissão Pastoral da Terra), ASA (Articulação no Semiárido Brasileiro), CONAQ (Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Quilombolas), UNICAFES (União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária), Quilombos de Pernambuco, Fórum de Economia Solidária, FETRAF (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar).

Leia Mais

Programa de Aquisição de Alimentos beneficia mais de 600 pessoas em Caruaru

O IPA fez o lançamento do PAA no município nesta quarta-feira. O evento contou com a participação de agricultores/produtores, entidades beneficiadas e autoridades locais

Caruaru sediou, na última quarta-feira (21), o evento de lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) para a região. O PAA é uma ação do Governo Federal, em parceria com os governos municipais e estaduais. O diretor de Extensão do IPA, Francisco Dantas, e extensionista do instituto e coordenador do PAA, Isaque Nascimento, recepcionaram agricultores/fornecedores dos alimentos aquiridos pelo programa, representantes das entidades beneficiadas e autoridades locais.

Na Gerência Regional do IPA/Caruaru, 11 municípios participam do PAA. São 56 entidades atendidas, beneficiando diretamente 17.274 pessoas e 132 agricultores/fornecedores cadastrados. No município de Caruaru, 644 pessoas foram beneficiadas, oito instituições atendidas e 20 agricultores/fornecedores.

O PAA tem a finalidade de levar alimentos frescos e de boa qualidade para pessoas que vivem em situação de insegurança alimentar e nutricional. Em Pernambuco, o programa foi iniciado em meados de dezembro do ano passado. Segundo Isaque Nascimento, o estado já comprou e doou 116.814 quilos de produtos agropecuários.

 Aos agricultores e criadores da agricultura familiar foram pagos R$ 740.225,00. Já foram adquiridos 78 tipos de produtos da agricultura familiar: olerícolas, frutas, feijão, milho, carnes, bolos e raízes e tubérculos

Desde o início do programa, 41 municípios pernambucanos foram contemplados com o PAA.  A proposta do IPA é de, até março, chegar a 87 cidades de todas as regiões do estado.

PAA Caruaru

Em Caruaru, a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) foi uma das entidades beneficiadas. “Sabemos da importância da alimentação na primeira infância, na fase adulta, na adolescência e no envelhecimento. E nós, que fazemos um trabalho voltado para pessoa com deficiência, é uma ação dessa é de extrema importância porque a maioria dos nossos usuários, que fazem acompanhamento e tratamento conosco, vivem em situação de insegurança alimentar. Então, só temos gratidão ao IPA por esta iniciativa”, disse Venessa, coordenadora da APAE/Caruaru.

Daniele, da Casa dos Pobres São Francisco de Assis, também destacou a importância da doação dos alimentos do PAA para a instituição. “Para nós é uma imensa alegria receber os gêneros alimentícios do PAA. Não apenas para garantir a alimentação dos idosos assistidos pela nossa instituição, como também porque fortalece a agricultura familiar”, observou.

No lançamento do programa em Caruaru, fizeram parte da composição mesa: Francisco Dantas e Isaque Nascimento; João Herculino, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caruaru; Dayse Santos Silva, secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru; Marcos Júnior, secretário de Desenvolvimento Rural de Caruaru; Genycleison, presidente da Associação dos Pequenos Agricultores de Murici e Adjacências; Cristiane, representante da Casa dos Pobres São Francisco de Assis; Ana Lúcia, representante da entidade Irmãs Werbuga; Evandro, representante do CMAS; Priscila, representante do CONSEA e Leonardo, representante do IPA/Caruaru.

Leia Mais

Extensionistas se preparam para garantir crédito rural para agricultores/as pernambucanos e a ampliação do Plano Safra no estado

Mais de 200 técnicos do IPA participaram do I Seminário estadual de Crédito Rural

Mais de 200 extensionistas das regionais do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) participaram, nesta quinta-feira (22), do I Seminário Estadual de Crédito Rural. O evento, organizado pelo instituto, tem o objetivo de intensificar, retomar ações do crédito rural aos produtores(as) pernambucanos e, ainda, traçar ações para a ampliação do Plano Safra no estado. A iniciativa conta com a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Banco do Nordeste (BNB), Banco do Brasil, Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e cooperativas de crédito.

Durante o evento foram abordados temas como a criação de comitês territoriais do Plano Safra da Agricultura Familiar e Economia Solidária, Crédito e Agroindústria e Projetos de Financiamento e Linhas de Crédito do Banco do Nordeste e Banco do Brasil. Os participantes também tiveram a oportunidade conhecer um “case de sucesso” do produtor, instrutor e consultor em charcutaria, Mauro Alencar, da Charcutaria Alencar, que produz embutidos e defumados.

O diretor presidente do IPA, Joaquim Neto, destacou a importância do seminário para a extensão rural. “Nos empenhamos em organizar essa proposta porque acreditamos que uma das peças mais importantes da extensão rural é o crédito rural, um mecanismo de incentivo necessário para pequeno, médio e grande produtor/a”, disse, acrescentando que o crédito orientado garante meios para ampliar e qualificar a produção, garantindo mais competitividade a Pernambuco.  

O superintendente do MDA em Pernambuco, Caetano De Carli, pontuou que os três estados do Sul do Brasil executam cerca de 70% de todo o recurso do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), enquanto a Região Nordeste, que tem 49% de todo a agricultura familiar, executa apenas 12%. “Tivemos aqui em Pernambuco um aumento de 78% dos contratos do Pronaf. Agora, temos o desafio, junto com o IPA, as agências de crédito e organizações governamentais e não-governamentais de ampliar o Pronaf A, destinado às áreas de assentamento, quilombolas e indígenas. O seminário é também voltado ao Plano Safra. Queremos fazer o maior da agricultura familiar da história de Pernambuco”, assegurou De Carli.

Para Hugo Queiroz, superintendente do Banco do Nordeste em Pernambuco, “é muito importante para a instituição se fazer presente nesse tipo de construção de uma empresa tão relevante para o desenvolvimento rural de Pernambuco”, disse. Segundo ele, no estado, em 2023, o BNB financiou mais de R$ 1.2 bilhão em crédito.

“É uma satisfação muito grande participar desse evento. Nós do Banco do Brasil, que temos o agro na nossa essência, e poder contribuir com o desenvolvimento de Pernambuco é muito bom”, afirmou superintendente estadual do Banco do Brasil/PE, Henrique Dantas, destacando que para o seminário o banco apresentou novas formas de conceder crédito, “apoiando os técnicos da assistência técnica e extensão rural para que possamos levar melhores condições para os nossos produtores”, definiu.

O secretário de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca, Cícero Moraes, destacou a necessidade dos técnicos do IPA e das instituições financeiras atuarem em sintonia para que as ações cheguem ao homem e à mulher do campo. “É importante que os gerentes do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste se juntem aos técnicos do IPA, indo ao campo, indo na ponta. Quanto maior a aproximação entre as gestões, quem ganha é o povo pernambucano, é o povo do campo”, observou o secretário.

Além das palestras temáticas, os extensionistas participaram de debates sobre os assuntos abordados no seminário.

Leia Mais

IPA participa da 1ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário de Pernambuco

O encontro contou com a presença de representantes de várias instituições estaduais e federais, cooperativas e instituições financeiras

O diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, representou o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), na 1ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário de Pernambuco (CDRS), realizada, nesta terça-feira (20), no Centro de Ensino de Graduação (GEGOE), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

No evento, foram debatidos a elaboração do Plano Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural, o fortalecimento e organização dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural e Desenvolvimento Sustentável, entre outros temas.

“Foi uma reunião muito representativa para o estado.  O IPA está empenhado em contribuir, através das Câmaras Técnicas, que serão instrumentos importantes na retomada do Plano estadual de Ater em Pernambuco”, destacou Francisco Dantas.

Participaram da reunião representantes da sociedade civil, universidades, governos estadual e federal, cooperativas, bancos, Secretaria da Mulher, e Conselho Estadual de Segurança Alimentar. Ao final, ficou acertado que haverá uma reunião, toda última terça-feira do mês, na Sala do Conselho do IPA.

Leia Mais